Polícia prende suspeito de praticar extorsões, agiotagem e lavagem de capitais em Niterói

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 18 de agosto de 2020 as 15:07, por: CdB

Policiais prenderam, um homem acusado pelos crimes de lavagem de dinheiro e extorsão. Contra ele havia um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça, com base em investigação da unidade.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

Policiais da 79ª DP (Jurujuba) prenderam, na segunda-feira, um homem acusado pelos crimes de lavagem de dinheiro e extorsão. Contra ele havia um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça, com base em investigação da unidade.

Polícia Civil prende suspeito de praticar extorsões, agiotagem e lavagem de capitais em Niterói
Polícia Civil prende suspeito de praticar extorsões, agiotagem e lavagem de capitais em Niterói

De acordo com os agentes, as investigações foram iniciadas após denuncias feitas pelas vítimas de que o autor realizava empréstimos mediante juros abusivos, e depois as cobravam fazendo ameaças a vida delas e de seus familiares.

Ainda segundo os agentes, durante a apuração, foi mapeada toda a vida financeira do autor, que chegou a movimentar em conta de familiares mais de R$ 2 milhões desde o ano de 2017. O acusado chegou a utilizar conta corrente de seu filho, menor de idade, para movimentação de recursos.

Os relatórios de inteligência financeira foram produzidos com apoio da UIF (antigo COAF), e as análises também tiveram o suporte do laboratório de lavagem de dinheiro da Secretaria de Polícia Civil, que documentaram a origem e destinação dos recursos movimentado pelo suspeito.

As investigações prosseguem visando identificar demais vítimas do suspeito, que tinha como base de atuação o município de Niterói.

O preso foi encaminhado à SEAP, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Furto de energia elétrica e de água

Policiais da 52ª DP (Nova Iguaçu), após informações recebidas do disque denuncia, prenderam em flagrante, na segunda-feira, um proprietário de um bar acusado de furto de energia elétrica e de água.

Segundo informações dos agentes, a prisão ocorreu durante uma diligência feita pela equipe policial para verificar uma denuncia sobre a realização de uma festa eletrônica com venda de bebida alcoólica para menores e consumo de drogas (maconha e ecstasy) em um bar localizado no Centro de Nova Iguaçu. No local, foi constatado, após perícia técnica, uma ligação clandestina de luz e água.

Operação

Policiais da 27ª DP (Vicente de Carvalho) prenderam quatro homens acusados de receptção de fios e equipamentos eletrônicos na região de Irajá e Vicente de Carvalho. O material e os acusados foram encontrados em um galpão no município de Mesquita após investigações e cruzamento de dados. Os quatro foram presos no momento em que desencapavam uma grande quantidade de fios da Light. O cobre dos fios seriam revendidos para grandes recicladoras

De acordo com a polícia os acusados possuíam uma máquina profissional para separar o cobre dos fios. A máquina, que custa cerca de R$ 5 mil, foi desenvolvida para realizar o desencapamento do fio de forma industrial.

Na ação foram recuperados também grande quantidade de fios de fibra óptica, diversas baterias estacionárias de várias operadoras de telefonia, além de farta quantidade de equipamentos eletrônicos utilizados por essas operadoras . Os presos foram encaminhados ao sistema penitenciário onde ficarão à disposição da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *