Policiais prendem homem em flagrante por estelionato no Rio

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 16 de agosto de 2019 as 14:29, por: CdB

De acordo com a investigação, o homem usava nome falso e estava recrutando, através de rede social, mão de obra para trabalhos na construção civil.

Por Redação, com ACS e ABr – de Rio de Janeiro

Agentes da 128ªDP (Rio das Ostras) realizaram, na quinta-feira, em Rio das Ostras, a prisão em flagrante de Bruno Castilho pela prática do crime de estelionato.

De acordo com a investigação, o homem usava nome falso

De acordo com a investigação, o homem usava nome falso e estava recrutando, através de rede social, mão de obra para trabalhos na construção civil em Portugal com o salários de cerca de 1,6 mil euros. Bruno solicitava o pagamento de R$ 257,25 para que as vítimas iniciassem a contratação pela emissão do passaporte.
Até o momento cerca de 60 vítimas foram identificadas.

A maioria das pessoas são humildes, que além de abandonar seus empregos, chegaram a vender seus carros para se abdicar ao negócio.

A partir da notícia de mais uma vítima de que um novo crime estaria pra ocorrer, os agentes procederam ao local de encontro onde Bruno aguardava outras três vítimas para recolher os documentos e o dinheiro e foi capturado pela equipe policial.

Feminicídio

Agentes da 132ªDP (Arraial do Cabo) realizaram, na quarta-feira, em Arraial do Cabo, a prisão em flagrante de Pedro Mariano dos Santos pela prática dos crimes de feminicídio e fraude processual.

Os policiais receberam uma solicitação do hospital Municpal de Araial do Cabo informando que o corpo de uma mulher tinha dado entrada no nosocômio com características de enforcamento.

A partir de então, os agentes procederam nas diligências, e encontraram o companheiro da vítima, o qual afirmou que a mesma havia praticado suicídio.

No exame de necrópsia, foi verificado a impossibilidade de ter ocorrido o suicídio pelas consistentes evidências de que a asfixia mecânica foi produzida por terceira pessoa.

Como só havia a vítima e o investigado na cena do crime, não restou dúvida para investigação de que Pedro foi autor do crime, sendo ele preso em flagrante.

Drogas

A Polícia Civil apreendeu 100 quilos de maconha escondido em um veículo. O automóvel estava na Rodovia Presidente Dutra, no município de Piraí (RJ). Giovane Cubilla, que dirigia o carro, foi preso pelos crimes de tráfico de drogas interestadual, associação ao tráfico e receptação qualificada.

A droga estava embalada em 100 tabletes, escondidos em diversos fundos falsos do veículo. A maconha estava no interior dos bancos, nos forros das portas, no porta-malas e em outros compartimentos.

A investigação apontou que o veículo que Cubilla usava era clonado e foi roubado no bairro da Vargem Pequena, zona oeste do Rio. O preso alegou que estava fazendo o transporte das drogas de Foz do Iguaçu (PR) até a Barra da Tijuca, e que receberia R$ 3 mil pelo crime. A ação teve apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Giovane Cubilla já tinha sido preso, no Rio, em 2010, com um comparsa, transportando de carro, tabletes de cocaína. Na ocasião, o carregamento da droga também veio do Paraná e tinha como destino os morros da Fallet e Fogueteiro, no Rio Comprido, no centro do Rio. Giovane foi condenado pela Justiça e cumpriu pena de 4 anos e 2 meses de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *