Prefeitura realiza operação contra a pandemia no Centro 

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 1 de setembro de 2020 as 14:36, por: CdB

A prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), realizou, nesta semana, mais uma operação “Blitz da Vida” no Centro da cidade. O bairro foi o primeiro a receber, há pouco mais de um mês, o projeto que alia ordenamento urbano e outras medidas preventivas de combate à pandemia de covid-19.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), realizou, nesta semana, mais uma operação “Blitz da Vida” no Centro da cidade. O bairro foi o primeiro a receber, há pouco mais de um mês, o projeto que alia ordenamento urbano e outras medidas preventivas de combate à pandemia de covid-19, como a distribuição de máscaras, em espaços públicos sensíveis a aglomerações durante a retomada. Ao todo, já foram feitas 1.448 fiscalizações e orientações a estabelecimentos comerciais e ambulantes, e 668 abordagens a pessoas em situação de rua, com 178 acolhimentos.

Iniciado há pouco mais de um mês com foco na retomada, projeto já resultou em quase 1,5 mil fiscalizações
Iniciado há pouco mais de um mês com foco na retomada, projeto já resultou em quase 1,5 mil fiscalizações

A força-tarefa atua no Centro desde, segunda-feira, quando foram registradas 17 fiscalizações a estabelecimentos, com 10 inspeções sanitárias, e 51 entre ambulantes: 33 não autorizados foram orientados a se retirar do logradouro público. A ação resultou ainda em 19 abordagens a pessoas em situação de rua, com dois acolhimentos. Cerca de 250 quilos de resíduos sólidos também foram recolhidos no roteiro, que contemplou o entorno do Terminal Menezes Côrtes e da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), as ruas São José, da Quitanda, do Mercado e Sete de Setembro (entre a Avenida Rio Branco e a Rua Primeiro de Março), as praças XV e Mauá, e o Largo de São Francisco da Prainha.

Balanço geral da “Blitz” – Em pouco mais de um mês, de 21 de julho a 28 de agosto, a “Blitz” já resultou em 1.448 fiscalizações e orientações a estabelecimentos comerciais (702) e ambulantes (746), e 668 abordagens a pessoas em situação de rua, com 178 acolhimentos. A força-tarefa contabiliza ainda 489 multas de trânsito por diversas irregularidades, com 157 veículos removidos por estacionamento irregular; e retirada de mais de 36 toneladas de resíduos sólidos. O levantamento corresponde à atuação em dez bairros: Centro, Copacabana, Ipanema, Leblon, Campo Grande, Santa Cruz, Tijuca, Freguesia de Jacarepaguá, Taquara e Praça Seca.

Outros números

Desde o início das ações de combate à pandemia, em 18 de março, a Seop já integrou mais de 510 operações conjuntas em toda a cidade. Até 30 de agosto, foram fiscalizados 38.600 estabelecimentos, com 28.040 pontos comerciais fechados. Além disso, foram atendidas 11.315 ocorrências pelo Disk Aglomeração, que funciona com base em chamados à Central 1746.

Órgãos

As ações conjuntas são planejadas pela Subsecretaria de Operação (Subop) da Seop e contam, de acordo com a necessidade operacional, com efetivos da Guarda Municipal, e das coordenadorias de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), Especial de Transporte Complementar (CETC) e de Cuidado e Prevenção às Drogas (CPD), ligadas à pasta; Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano (da Secretaria Municipal de Fazenda); Subsecretaria de Vigilância Sanitária (da Secretaria Municipal de Saúde); Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos; Comlurb; Cedae; Light; Rioluz; e Polícia Militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *