Prêmio Bola de Ouro é cancelado pela primeira vez desde 1956

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 20 de julho de 2020 as 12:08, por: CdB

Os organizadores do evento atribuíram o cancelamento, o primeiro desde 1956, quando a honaria foi criada, ao impacto da pandemia do novo coronavírus nas competições esportivas em todo o mundo.

Por Redação, com ABr – de Zurique/Londres

A revista francesa France Football anunciou nesta segunda-feira que neste ano não haverá a tradicional premiação Bola de Ouro concedida aos melhores jogadores; Em comunicado oficial, os organizadores do evento atribuíram o cancelamento, o primeiro desde 1956, quando a honaria foi criada, ao impacto da pandemia do novo coronavírus (covid-19) nas competições esportivas em todo o mundo. O premio contempla os melhores jogadores, categorias masculina e feminina, goleiro, e atleta sub-21.

A revista francesa France Football anunciou) que neste ano não haverá a tradicional premiação Bola de Ouro concedida aos melhores jogadores
A revista francesa France Football anunciou) que neste ano não haverá a tradicional premiação Bola de Ouro concedida aos melhores jogadores

“Como a justiça que prevalece para esse título honorário não pôde ser preservada, principalmente no nível estatístico e também na preparação, uma vez que todos os aspirantes ao prêmio não puderam ser alojados no mesmo barco, alguns tendo visto sua temporada interromper radicalmente outros não. Então, como você compara o incomparável? (…) Como apenas dois meses (janeiro e fevereiro), dos onze geralmente necessários para formar uma opinião e decidir entre os melhores, é muito pouco para avaliar e julgar, uma vez que os outros jogos foram – ou ocorrerão – em outras condições e formatos (portões fechados, cinco substituições, quartas de final da Liga dos Campeões em uma única partida) muito longe do panorama usual”, esclarece a nota da revista France Football.

Votação

Contudo, a France Football informou que realizará uma votação para eleger a seleção dos 11 atletas que se destacaram em cada posição, incluindo a revelação do ano. O pleito contará com a participação de envolvendo 180 jurados.

Em 2019, o argentino Lionel Messi ganhou pela sexta vez o prêmio de Bola de Ouro. Já a norte-americana Rapinoe conquistou o título individual na categoria feminina. O Troféu Yashin, destinado ao melhor goleiro, foi entregue ao brasileiro Alisson, do Liverpool. O zagueiro holandês Matthijs De Ligt, atualmente na Juventus  Itália), foi homenageado com o Troféu Kopa, que reconhece o melhor sub-21.

Copa da Inglaterra

A Copa da Inglaterra terá uma final entre dois times londrinos, e no mais tradicional estádio da capital britânica. No domingo, pelas semifinais do mais antigo torneio de clubes do mundo, o Chelsea derrotou o Manchester United por 3 a 1, no mesmo Wembley onde decidirá o título com o Arsenal no próximo dia 1º de agosto.

No sábado, os Gunners levaram a melhor sobre o Manchester City, por 2 a 0, também em Wembley, na outra semifinal. Todas as partidas têm sido realizadas com portões fechados, como medida contra a disseminação do novo coronavírus (covid-19). O mesmo ocorrerá na decisão, daqui a 13 dias.

Será a oportunidade de Frank Lampard, ídolo do Chelsea como jogador, conquistar o primeiro título no comando da equipe, cargo que assumiu há um ano. Atuando no meio-campo dos Blues, foi tricampeão da Premier League (Campeonato Inglês) e tetra da própria Copa da Inglaterra – ou seja, Lampard fez parte de metade dos títulos do time na história da competição.

Nos primeiros 45 minutos, o lance de mais impacto foi o choque de cabeça entre os zagueiros do United Eric Bailly e Harry Maguire, aos 42. Os dois tiveram sangramento na região atingida, mas, quem levou a pior foi Bailly, que precisou sair de campo usando uma máscara de oxigênio e de maca, sendo substituído pelo atacante Anthony Martial.

O incidente fez a primeira etapa ir até os 57 minutos, 12 minutos além do tempo regulamentar. Foi o que o Chelsea precisou para inaugurar o placar. Aos 55, após uma tabela de César Azpilicueta com o atacante brasileiro William, o lateral espanhol cruzou e o centroavante Olivier Giroud apareceu na pequena área, desviando para o gol.

A missão do United ficou mais complicada antes mesmo do cronômetro marcar o primeiro minuto da etapa final. Aproveitando-se de uma invertida de bola errada, o meia Mason Mount avançou em disparada e arriscou da entrada da área. O goleiro David de Gea falhou e o chute rasteiro, que foi na direção do espanhol, converteu-se no segundo gol dos Blues.

E coube a um defensor do United liquidar as chances do próprio time, ainda que sem querer. Aos 28 minutos, depois de um cruzamento do lateral Marcos Alonso, o zagueiro Antonio Rüdiger finalizou rasteiro e a bola desviou em Maguire – o mesmo do choque de cabeça no primeiro tempo – antes de parar nas redes, praticamente definindo a classificação do Chelsea.

Já aos 40, Martial foi derrubado pelo ponta Callum Hudson-Odoi, do Chelsea, dentro da área. O meia português Bruno Fernandes cobrou o pênalti e diminuiu o prejuízo do United, mas, insuficiente para mudar a história do confronto.

Campeonato Inglês

Dois jogos movimentaram a Premier League neste domingo. Em Bournemouth, o time da casa – que soma 31 pontos e está em penúltimo lugar – se complicou ao perder por 2 a 0 para o Southampton, podendo ser rebaixado nesta terça-feira se o Watford pontuar diante do Manchester City. Por enquanto, apenas o Norwich, que perdeu do Burnley por 2 a 0 no sábado, já teve a queda decretada.

Em Londres, a derrota por 3 a 0 para o Tottenham Hotspur, sexto colocado, deixou o quarto lugar do Leicester City ameaçado, já que o Manchester United ainda atuará pela 37ª rodada, a penúltima do campeonato. Os quatro times mais bem colocados da tabela se classificam à próxima Liga dos Campeões. Por hora, essas equipes são o campeão Liverpool, o vice Manchester City, Chelsea e Leicester.

Já na Championship, como é chamada a segunda divisão inglesa, o tradicional Leeds United assegurou o retorno à elite após 16 anos e o título do campeonato – e tudo antes de entrar em campo neste domingo e vencer o Derby County por 3 a 1. O acesso direto, dado às duas melhores campanhas da divisão, foi confirmado na última sexta-feira após a derrota do vice-líder West Brom para o Huddersfield por 2 a 1. No sábado, a vitória do Stoke City sobre o Brentford, terceiro colocado, por 1 a 0, garantiu a taça com uma rodada de antecipação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *