Presidente da Alemanha entra em quarentena preventiva

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 18 de outubro de 2020 as 10:49, por: CdB

Depois que um guarda-costas seu apresentou o coronavírus, Frank-Walter Steinmeier está autoisolado, apesar de testes negativos. Desde o início da pandemia, outros políticos alemães de ponta também adotaram quarentena.

Por Redação, com DW – de Berlim

Após ter tido contato com um funcionário infectado com covid-19, o presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, se recolheu em quarentena no sábado, como medida profilática, segundo comunicou seu gabinete.

Presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier
Presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier

O portador do novo coronavírus em questão é um guarda-costas do Departamento Federal de Investigações (BKA) que na semana anterior esteve acompanhando o chefe de Estado por vários dias, tratando-se, portanto, de uma pessoa de contato de primeiro grau. Steinmeier se submeteu a um teste de covid-19 e, apesar do resultado negativo, optou pelo isolamento cautelar.

Originalmente, o político social-democrata deveria fazer neste domingo o discurso laudatório na entrega do Prêmio da Paz do Comércio Livreiro Alemão, em Frankfurt. O laureado é o economista, filósofo e Nobel das Ciências Econômicas indiano Amartya Sen, que tampouco comparecerá, em razão da pandemia. Um ator se encarregará de ler o discurso de Steinmeier.

Coronavírus

O presidente não é o único político alemão de primeiro escalão a se submeter a quarentena em decorrência de um caso de contágio em seu círculo de contatos. No fim de março, portanto logo no início da pandemia no país, a chanceler federal Angela Merkel se manteve em casa por cerca de duas semanas, após ficar constatado que um médico que a vacinara estava infectado com o Sars-Cov-2.

No fim de setembro, também os ministros do Exterior, Heiko Maas, e da Economia, Peter Altmaier, ficaram temporariamente isolados. Enquanto foi um dos guarda-costas de Maas que se infectara com um vírus, no caso de Altmaier tratou-se de um contato durante encontro em Berlim do Conselho de Ministros do Comércio da União Europeia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *