PRF apreende uma tonelada de cocaína em Mato Grosso

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 27 de abril de 2020 as 11:01, por: CdB

Policiais rodoviários federais (PRF) fizeram, em 24 horas, duas apreensões de cocaína que totalizaram uma tonelada da droga. As apreensões foram feitas no último fim de semana, no estado de Mato Grosso.

Por Redação, com ABr – de Brasília/São Paulo

Policiais rodoviários federais (PRF) fizeram, em 24 horas, duas apreensões de cocaína que totalizaram uma tonelada da droga. As apreensões foram feitas no último fim de semana, no estado de Mato Grosso.

Uma apreensão foi feita em Campo Verde, a outra em Nova Mutum
Uma apreensão foi feita em Campo Verde, a outra em Nova Mutum

De acordo com a PRF, a primeira apreensão ocorreu em Campo Verde, onde os agentes encontraram 510 quilos de cloridrato de cocaína (a droga em pó), no fundo falso de um caminhão, na manhã de sábado.

Fundo falso de um caminhão

No domingo de manhã, uma nova apreensão de cerca de 500 quilos de cloridrato de cocaína foi feita na cidade de Nova Mutum, em parceria com a Polícia Militar, também no fundo falso de um caminhão.

Os dois carregamentos foram trazidos da Bolívia, um dos três países produtores de cocaína na América do Sul, e seriam levados para a Região Sudeste, para serem redistribuídos. O destino da primeira carga era Campinas (SP) e o da segunda, Belo Horizonte (MG).

Homicídios dolosos

Os homicídios dolosos aumentaram 23% em março deste ano no Estado de São Paulo, na comparação com o mesmo mês do ano passado, passando de 231 para 285 casos. O número de vítimas desse tipo de crime passou de 255 para 296. As estatísticas criminais foram divulgadas na tarde da última sexta-feira pela Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-SP).

O número de latrocínios, roubo seguido de morte, dobrou no mês passado ante o ano de 2019, passando de nove casos para 18. Já o número de vítimas de tais crimes passou de 10 para 18.

Os boletins de ocorrência de estupro tiveram redução de 7,2%, na mesma base de comparação, com 74 crimes a menos, o número de registros no mês passou de 1.027 para 953.

A quantidade

Já no indicador de roubos em geral, houve redução foi de 6,6%. A quantidade passou de 21.991 para 20.530 na comparação dos meses de março de 2019 e 2020. Os roubos de veículos caíram 21,3%, passando de 4.045 para 3.183. É a primeira vez, desde o início da série histórica, em 2001, que o indicador fica abaixo de 4 mil ocorrências.

Os roubos a banco subiram de dois para quatro, enquanto os roubos de carga caíram de 607 para 580 na comparação mensal.

Os indicadores de furto, em geral e de veículo, tiveram queda de 31,6% e 24,5%, respectivamente. No primeiro caso, o total passou de 48.390 em março de 2019 para 33.098 em março de 2020. No segundo, a soma passou de 7.670 para 5.792. Em ambos, os totais são os menores da série.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *