Proprietário do Napoli assume o Bari após ser rebaixado por problemas financeiros

Arquivado em: Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 1 de agosto de 2018 as 14:39, por: CdB

O Bari, que jogou na primeira divisão pela última vez na temporada 2010-11, ficou em sétimo lugar na Série B na última campanha e se classificou para os playoffs que dão acesso à elite da liga

Por Redação, com Reuters – de Milão

O carismático proprietário do Napoli, Aurelio De Laurentiis, assumiu o comando do Bari, time que foi rebaixado à quarta divisão do Campeonato Italiano devido a problemas financeiros.

Aurelio De Laurentiis concede entrevista em Nápoles

O Bari, que jogou na primeira divisão pela última vez na temporada 2010-11, ficou em sétimo lugar na Série B na última campanha e se classificou para os playoffs que dão acesso à elite da liga.

Mas no mês passado uma licença para a próxima temporada lhes foi recusada e o time foi obrigado a recomeçar na Série D, a mais alta das ligas amadoras.

Na terça-feira o prefeito de Nápoles, Antonio Decaro, ofereceu a posse do clube a De Laurentiis antes de 10 outros candidatos.

– Este clube tem uma história muito longa de 110 anos. Agora precisamos nos erguer rapidamente e tentar voltar à Série A – disse De Laurentiis em uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira.

Nápoles e Bari

– Uma coisa é certa. Não podemos misturar Nápoles e Bari, duas cidades diferentes, cada uma com sua história e seus próprios torcedores, que precisam ser respeitados… o Bari não será só um apêndice do Napoli.

De Laurentiis disse que seu filho Luigi será responsável pelo time.

– Eu finalmente o convenci, depois de vários dias de telefonemas e discussões, porque até agora ele nunca havia se interessado por futebol – explicou.

– Precisamos tentar mudar as regras que não permitem que o mesmo dono tenha dois times na Série A – parece ser impossível agora, mas no futuro deveria se tornar normal”.

É comum times italianos serem rebaixados e refundados depois de crises financeiras.

Gareth Bale

Gareth Bale, do Real Madrid, tem as qualidades necessárias para preencher o vácuo deixado pela ida de seu ex-colega de ataque Cristiano Ronaldo para a Juventus, disse o novo técnico do time espanhol, Julen Lopetegui.

Bale teve dificuldade para garantir sua posição na escalação sob o comando do ex-treinador Zinedine Zidane, e disse que quer participar mais regularmente do time principal depois de sua atuação decisiva na final da última temporada da Liga dos Campeões contra o Liverpool.

Falando antes do confronto de pré-temporada com o Manchester United em Miami nesta terça-feira, Lopetegui disse que o futuro imediato do galês de 29 anos está nos gigantes espanhóis.

– Cristiano Ronaldo é um dos principais jogadores na história recente do Real Madrid. Ele expressou o desejo de partir e deixamos que fosse. Gareth Bale é um jogador magnífico, com muitas qualidades. Ele pode ajudar a preencher o vácuo.

Ronaldo assinou um contrato de quatro anos e cerca de 118 milhões de dólares com a campeã italiana Juventus no início deste mês, encerrando um período de nove anos no Madrid.

Lopetegui enfatizou que a partida do português representa uma “oportunidade fantástica” para Bale, alvo de especulações sobre uma possível ida para outro clube, ficar e mostrar seu talento.

– Não quero falar de situações hipotéticas – disse Lopetegui, rejeitando as reportagens sobre uma suposta volta de Bale para a liga inglesa no United ou em seu ex-time Tottenham Hotspur.

– Se este é o elenco que tenho no começo da temporada, sou um homem feliz… ele (Bale) está com o time. Ele está feliz e alinhado aos nossos objetivos. É o início de uma jornada empolgante para nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *