Rashford pede desculpas a torcedores após goleada para o Tottenham Hotspur

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 5 de outubro de 2020 as 14:09, por: CdB

O atacante do Manchester United Marcus Rashford pediu desculpas aos torcedores do clube após a derrota por 6 a 1 para o Tottenham Hotspur no domingo. Son Heung-min e Harry Kane, do Tottenham, marcaram dois gols cada, enquanto o técnico José Mourinho comemorou um retorno vitorioso ao estádio de seu ex-clube.

Por Redação, com Reuters – de Londres

O atacante do Manchester United Marcus Rashford pediu desculpas aos torcedores do clube após a derrota por 6 a 1 para o Tottenham Hotspur no domingo.

Marcus Rashford antes de partida do Manchester United contra o Tottenham pelo Campeonato Inglês
Marcus Rashford antes de partida do Manchester United contra o Tottenham pelo Campeonato Inglês

Son Heung-min e Harry Kane, do Tottenham, marcaram dois gols cada, enquanto o técnico José Mourinho comemorou um retorno vitorioso ao estádio de seu ex-clube.

O resultado em Old Trafford igualou a pior derrota do United na era da Premier League. A equipe foi derrotada por 6 a 1 pelo rival local Manchester City em outubro de 2011.

– Em primeiro lugar, sou um fã do United. Este é o meu clube. Estou muito orgulhoso de usar esta camisa, mas não há desculpas, não é bom o suficiente e, para todos os fãs ao redor do mundo que assistiram hoje, eu sinto muito – tuitou Rashford.

– Vocês merecem muito melhor do que isso. Eu teria ficado longe das redes sociais nesta noite, mas vocês merecem saber de mim durante os altos e baixos, não há como esconder.

– Eu me sinto péssimo, mas prometo que faremos melhor – acrescentou ele.

O lateral-esquerdo Luke Shaw

O lateral-esquerdo Luke Shaw disse que o resultado foi “constrangedor” e que os jogadores têm de assumir mais responsabilidades.

– Um clube como o United não deveria estar perdendo, mas perdendo dessa forma… realmente dói e é meio constrangedor, porque sinto que decepcionamos muitas pessoas hoje que estavam assistindo em casa – disse Shaw à Sky Sports.

Liverpool

O ídolo do Liverpool Graeme Souness diz que o Aston Villa pode ter deixado a grama crescer um pouco mais do que o normal em seu campo em tentativa de impedir o atual campeão da Premier League de atingir velocidade máxima no domingo.

Três gols de Ollie Watkins no primeiro tempo ajudaram o Villa a obter uma vitória por 7 a 2, impondo à equipe de Klopp a primeira derrota na temporada. Foi a primeira vez que o Liverpool sofreu sete gols em uma partida em qualquer competição desde 1963.

– O que eu diria, o Villa, e é o mesmo para os dois times, acho que eles deixaram a grama por mais tempo do que o normal para desacelerar a movimentação do Liverpool – disse Souness à Sky Sports.

– Todas as equipes de ponta querem grama curta, um campo rápido. Isso não me parece um campo rápido.

O zagueiro do Liverpool Virgil van Dijk afirmou à Sky Sports que a equipe vai analisar seu desempenho, mas não deixará se abater.

– Temos que ser muito duros um com o outro, e seremos. É a chave para não ficarmos loucos, mas temos que intensificar isso –declarou.

– O nível de desempenho entre o último jogo contra o Arsenal pela liga e hoje foi muito grande … todos têm que assumir a responsabilidade.

Klopp disse que o goleiro Alisson Becker, que ficou de fora do jogo devido a uma contusão no ombro, ficará afastado por até seis semanas e perderá o próximo jogo contra o Everton em 17 de outubro.

– Não quero estabelecer um prazo, mas é possível em quatro semanas, seis semanas talvez seja mais provável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *