Rio cria comissão para auxiliar sistema de transportes públicos

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 14 de agosto de 2020 as 13:47, por: CdB

O comitê também terá a atribuição de estabelecer o critério de divisão de recursos emergenciais ao setor, com a aprovação do projeto de lei federal de auxílio emergencial ao sistema, além de planejar e acompanhar o cumprimento das contrapartidas exigidas pela União.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

O governo do Rio de Janeiro criou um Comitê Administrativo para estudar e propor medidas para atenuar os problemas das concessionárias de transportes públicos do estado. A comissão foi objeto de um decreto publicado no Diário Oficial do Rio de quinta-feira. A medida foi tomada diante da ameaça de colapso no sistema de transportes em função da baixa circulação de passageiros durante a pandemia.

Estudos devem ser apresentados em 30 dias
Estudos devem ser apresentados em 30 dias

De acordo com o Secretário da Casa Civil e Governança, André Moura, a situação das concessionárias de metrô, barcas, trens e ônibus interestaduais será detalhada pelo chamado Comitê Administrativo Extraordinário de Transportes – Covid-19, que terá um prazo de 30 dias para apresentar os estudos.

O comitê também terá a atribuição de estabelecer o critério de divisão de recursos emergenciais ao setor, com a aprovação do projeto de lei federal de auxílio emergencial ao sistema, além de planejar e acompanhar o cumprimento das contrapartidas exigidas pela União.

As deficiências nos transportes

As deficiências nos transportes públicos no Rio de Janeiro ficaram ainda mais evidentes com a pandemia. Depois da flexibilização das medidas de isolamento, a população tem sofrido com superlotação e precariedade nos diversos modais. Moradores da Ilha de Paquetá, que dependem exclusivamente das barcas, fizeram recentemente um protesto se recusando a entrar em uma embarcação lotada onde não era possível respeitar o distanciamento para evitar o contágio pelo coronavírus.

Segundo o governo estadual, participam do Comitê Administrativo Extraordinário de Transportes – Covid19 além do secretário da Casa Civil, os secretários de Transportes, de Acompanhamento das Ações Governamentais Integrais da Covid-19, de Planejamento e Gestão, de Desenvolvimento Econômico, de Fazenda, e também o Procurador Geral do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *