Rio volta ao estágio de normalidade após chuvas

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 12 de novembro de 2019 as 13:22, por: CdB

Segundo o Alerta Rio, ainda há chance de chuva fraca a moderada em pontos isolados, mas sem grandes acumulados.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio informa que a cidade retornou ao Estágio de Normalidade às 10h desta trerça-feira. Segundo o Alerta Rio, ainda há chance de chuva fraca a moderada em pontos isolados, mas sem grandes acumulados.

Segundo o Alerta Rio, ainda há chance de chuva fraca a moderada em pontos isolados
Segundo o Alerta Rio, ainda há chance de chuva fraca a moderada em pontos isolados

A cidade estava em Estágio de Atenção desde as 11h50 de segunda-feira por causa da atuação de uma frente fria no oceano, que causou instabilidades e trouxe chuva para a cidade.

Alerta Rio

Os ventos úmidos vindos do mar em direção à cidade do Rio de Janeiro manterão a nebulosidade e o tempo instável na capital fluminense nesta terça-feira.

Desta forma, o céu ficará encoberto com chuva fraca a moderada isolada. Os ventos serão fracos a moderados ao longo do dia, com ocasionais rajadas de vento forte no período tarde/noite. As temperaturas estarão em declínio, com máxima prevista de 25°C e mínima de 18°C.

Comlurb aciona plano especial contra chuva

A Comlurb está com suas equipes operacionais nas ruas para combater os pontos de alagamentos na cidade. Até o momento, foram registrados pontos com bolsões d´água nas Zonas Sul, Norte, Oeste e Centro. Entre os pontos de atuação da Companhia estão: Avenidas Armando Lombardi, das Américas e Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, Ruas Barcelos Domingos, em Campo Grande, e Bernardo de Vasconcelos, em Realengo, na Zona Oeste; Avenida Presidente Vargas e Rua da Constituição, no Centro; Avenida Epitácio Pessoa com Vinicius de Moares e na altura do Parque da Catacumba, na Lagoa, Rua Pacheco Leão com Von Martius, no Jardim Botânico, Praça Santos Dumont, na Gávea, Ruas das Laranjeiras, São Clemente e Voluntários da Pátria, em Botafogo, na Zona Sul; e Praça Aquidauana, em frente ao Shopping Carioca, e Ruas São Francisco Xavier, no Maracanã, Barão do Bom Retiro, no Grajaú, Bela, em São Cristóvão, e São Miguel e Ibituruna, na Tijuca, Na Zona Norte. A Comlurb registrou ainda cinco quedas de árvores.

A Comlurb possui um plano especial para atuar em situações de emergência quando ocorrem chuvas fortes, acidentes e demais intempéries na cidade.  O Protocolo de Resposta e  Pronto Emprego prevê o uso de recursos das diferentes diretorias e superintendências da Companhia, e assim é possível mobilizar o efetivo, materiais, veículos e equipamentos necessários ao atendimento, ágil, adequado e eficiente até o restabelecimento das condições de normalidade.

O efetivo é de 6.410 garis, divididos em três turnos, que trabalham com apoio de 182 veículos e 37 pás carregadeiras. Grande parte desse contingente será usada na operação emergencial para fazer frente às ocorrências relacionadas a fortes chuvas. Os demais seguem normalmente nos serviços de rotina,  como varrição, coleta e limpeza de praias, praças e feiras livres.

A Comlurb também  dispõe de uma grande equipe especializada em manejo arbóreo de prontidão para emergências relacionadas a fortes chuvas. São 391 garis, divididos em  três turnos de trabalho,  com 20 veículos com cesto aéreo, com duas motosserras e uma motopoda cada, 32 veículos para remoção de galhadas, com uma motosserra e duas motopodas cada, e seis vans para podas de conflito com sinalização, com uma motopoda cada.

A Comlurb aproveita para destacar a importância da colaboração da população no descarte correto de seu lixo domiciliar. Solicitamos, se possível, que, em caso de grandes precipitações, a população aguarde o término das chuvas para ofertarem seus resíduos para o caminhão de coleta.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *