Rio estende o fechamento ao público dos Parques Naturais Municipais e o Monumento do Pão de Açúcar

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 18 de maio de 2020 as 14:02, por: CdB

A prefeitura do Rio por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente prorrogou por mais 30 dias corridos o fechamento ao público dos 12 Parques Naturais Municipais e o Monumento Natural do Pão de Açúcar.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente prorrogou por mais 30 dias corridos o fechamento ao público dos 12 Parques Naturais Municipais e o Monumento Natural do Pão de Açúcar.
O Parque Municipal Chico Mendes é um dos que seguem fechados ao público
O Parque Municipal Chico Mendes é um dos que seguem fechados ao público

Em Resolução publicada no Diário Oficial desta segunda-feira, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente justifica que a medida é para proteger o público do contágio pela Covid-19.

Os Parques Municipais que continuam fechados ao público são:
Parque Natural Municipal da Serra do Mendanha; Parque Natural Municipal do Grumari; Parque Natural Municipal da Prainha; Parque Natural Municipal Chico Mendes; Parque Natural Municipal Marapendi; Parque Natural Municipal Bosque da Barra; Parque Natural Municipal Bosque da Freguesia; Parque Estadual Municipal Grajau; Parque Estadual do Chacrinha; Parque Natural Municipal do Penhasco Dois Irmãos; Parque Natural Municipal da Catacumba; Parque Natural Municipal da Serra do Capoeira Grande.

Servidores em trabalho remoto

Na mesma Resolução, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente prorrogou por mais 15 dias corridos o regime especial de trabalho remoto para os servidores da pasta, efetivos ou comissionados, maiores de 60 anos, ou que possuam doenças cardiovasculares ou pulmonares, problemas imunológicos e transplantados, e gestantes.
Para os demais servidores também foi prorrogado o prazo de 15 dias corridos para as regras estabelecidas que determinam o trabalho em escala alternada entre os regimes presencial e remoto.

Praias da Zona Oeste

Guardas Municipais do Grupamento de Defesa Ambiental (GDA) retiraram cerca de 50 pessoas das praias das Conchas e do Perigoso, em Barra de Guaratiba, na Zona Oeste, durante patrulhamento realizado na tarde de domingo.

Com acesso por trilha, os guardas municipais encontraram 20 pessoas, sendo três crianças, além de cinco barracas de camping, que foram desmontadas na Praia do Perigoso.

Na Praia das Conchas havia cerca de 30 pessoas e dois vendedores ambulantes, mas não houve flagrante de acampamento nem apreensões.

Contra aglomerações

Os agentes orientaram sobre a proibição de acampamento nas praias, prevista no Código de Posturas do município, além de informarem sobre o decreto municipal 47.282, que proíbe aglomerações durante a pandemia do novo coronavírus. As pessoas foram retiradas das praias sem resistência.

A Guarda Municipal reforçou o patrulhamento nas praias da Barra de Guaratiba nesse fim de semana após denúncia de evento e acampamento ilegal na Praia do Meio, na última sexta-feira. Os guardas retiraram 70 pessoas e 35 barracas de acampamento na área do Parque Natural Municipal de Grumari.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *