Roger Federer enfrentará Djokovic em semifinal na Austrália

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 28 de janeiro de 2020 as 12:41, por: CdB

Roger Federer salvou sete match points na terça-feira para conseguir uma vitória emocionante de virada sobre o norte-americano Tennys Sandgren.

Por Redação, com Reuters – de Melbourne

Roger Federer salvou sete match points na terça-feira para conseguir uma vitória emocionante de virada sobre o norte-americano Tennys Sandgren, por 6-3, 2-6, 2-6, 7-6 (8) e 6-3, e se classificar para a semifinal do Aberto da Austrália, em que terá pela frente Novak Djokovic.

Roger Federer prepara saque em partida do Aberto da Austrália
Roger Federer prepara saque em partida do Aberto da Austrália

O tenista suíço venceu o primeiro set, mas Sandgren, número 100 do mundo, ganhou os dois seguintes graças aos erros do rival, que recebeu uma advertência por violação de código por usar linguagem obscena e teve que recorrer a um longo atendimento médico na terceira série.

Os movimentos de Federer pareciam restritos, mas o vencedor de 20 títulos de Grand Slam e seis vezes campeão em Melbourne Park conseguiu seguir em frente e salvou sete match points no quarto set antes de vencer o tiebreak e forçar o quinto e decisivo set.

Federer, que teve uma longa discussão com a árbitra da partida, a sérvia Marijana Veljovic, durante o tenso terceiro set, fechou a partida no primeiro match point e agora buscará um lugar na final de domingo.

O suíço disse que espera se recuperar do problema muscular que sentiu para jogar a semifinal em boas condições físicas.

– Não sei se posso dizer que é uma lesão, são dores e problemas… Mas para a semifinal há um dia a mais, então terei tempo para descansar, ver médicos, fisioterapeutas – disse Federer. “Espero que não seja nada grave, que seja apenas um incômodo na virilha… Não sei, mas estou confiante”, acrescentou.

Novak Djokovic

No outro jogo do dia, o atual campeão Novak Djokovic venceu o canadense Milos Raonic por 6-4, 6-3 e 7-6 (7-1), em mais uma exibição de alto nível.

– Obviamente tenho um enorme respeito por ele, por tudo o que conquistou, ele é sem dúvida um dos melhores de todos os tempos – disse Djokovic sobre o confronto com o suíço, que tem vantagem de 26-23 no confronto entre os dois.

O sérvio, que busca seu oitavo título em Melbourne, não teve muitos problemas diante do canadense, contra quem conseguiu sua décima vitória no mesmo número de partidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *