Rússia: agentes de segurança fazem busca em escritório de grupo de direitos humanos

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 14 de agosto de 2019 as 13:55, por: CdB

O presidente Vladimir Putin endureceu os controles sobre organizações não-governamentais.

Por Redação, com Reuters – de Moscou

Agentes de segurança da Rússia munidos de rifles automáticos fizeram uma busca nesta quarta-feira nos escritórios de Moscou de um grupo de direitos humanos que representa os interesses de cidadãos russos no Tribunal Europeu de Direitos Humanos, informou o grupo.

Presidente russo, Vladimir Putin

Membros do Serviço Federal de Segurança (FSB) revistaram um escritório usado pela Iniciativa Justiça e pela organização parceira Astreya, confiscaram os telefones de empregados e fotografaram seus passaportes, disse a porta-voz do grupo.

O FSB

O FSB buscou acesso a um escritório usado pelo diretor do grupo, mas não teve permissão para entrar, disse Ksenia Babich, acrescentando que os agentes de segurança não deram uma explicação para a operação.

Ksenia disse que esta começou depois que agentes revistaram um escritório vizinho no mesmo edifício que é usado por uma empresa de auditoria sem relação com o grupo.

A Iniciativa Justiça tem escritórios na Ciscaucásia, no norte russo, e já ajudou centenas de cidadãos russos a apresentarem casos de violações de direitos humanos ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos.

O presidente Vladimir Putin endureceu os controles sobre organizações não-governamentais, exigindo que aquelas que têm financiamento do exterior se registrem como “agentes estrangeiros” e adotando legislação para banir grupos vistos como “indesejáveis”.

O FSB não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *