Rússia lamenta que Irã tenha excedido o limite de urânio enriquecido

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 1 de julho de 2019 as 14:12, por: CdB

A Rússia lamenta que o Irã tenha ultrapassado o limite de urânio enriquecido, mas pede para não dramatizar a situação, disse o vice-chanceler russo Sergei Ryabkov.

Por Redação, com Sputnik – de Moscou

A Rússia lamenta que o Irã tenha ultrapassado o limite de urânio enriquecido, mas pede para não dramatizar a situação, disse o vice-chanceler russo Sergei Ryabkov.

A Rússia lamenta que o Irã tenha ultrapassado o limite de urânio enriquecido

Nesta segunda-feira, o diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano, confirmou que o Irã ultrapassou a quantidade de 300 quilos de reservas de urânio enriquecido, permitida pelo Plano de Ação Integral Conjunto (PAIC).

– É claro que o fato de o limite de 300 quilos ser agora excedido é lamentável, mas a situação não deve ser dramatizada – disse o diplomata russo.

Relações com os EUA

Riabkov sublinhou que a Federação Russa não procura confronto com os EUA e disse que as relações russo-americanas estão passando por uma grave e duradoura crise, cuja saída é formulada com dificuldade, disse o diplomata ao intervir no debate internacional do clube Valdái.

– Como o presidente russo disse em várias ocasiões, não queremos confronto e estamos preparados para fazer a nossa parte do caminho para tirar as relações bilaterais do atoleiro em que estão hoje – disse ele.

O vice-chanceler revelou que na cúpula do G20 em Osaka a Rússia e os EUA alcançaram entendimento mútuo sobre questões de estabilidade estratégica e em breve poderão retomar o respectivo diálogo nem alto nível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *