Saída de igreja vai forçar TVs a voltarem a fazer televisão

Arquivado em: Coluna da TV, Cultura, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 10 de setembro de 2018 as 09:23, por: CdB

Nos idos de 50, 60, 70 e 80, até começo dos anos 90, as TVs foram obrigados a montar equipes que trabalhavam exclusivamente na criação dos seus programas

Por Flávio Ricco – do Rio de Janeiro

Colaboração – José Carlos Nery

Existe ainda um outro enfoque, dos mais significativos, diante da retração das igrejas nos espaços que vinham ocupando e ainda ocupam em várias emissoras.

Agenor Duque, auto-intitulado apóstolo, líder da Igreja da Plenitude, em crise econômica

Nos idos de 50, 60, 70 e 80, até começo dos anos 90, as TVs foram obrigados a montar equipes que trabalhavam exclusivamente na criação dos seus programas.

Foi numa dessas que apareceu a famosa “Equipe A”, com Tuta, Manoel Carlos, Nilton Travesso e Raul Duarte, responsável por todos os grandes programas da fase áurea da Record. Daí é que vieram Hebe, O Fino da Bossa, Jovem Guarda, Côrte Rayol, Alianças para o Sucesso e os grandes festivais, para citar alguns.

Lá como em outras tantas, Tupi, Excelsior e companhia bela também se comportavam da mesma forma.

Com o passar dos anos e o fortalecimento das igrejas pentecostais, a força que antes o Artístico tinha foi parar no Comercial ou nas mãos daqueles que melhor sabiam negociar a venda de horários. Um dinheiro, é verdade, que fez a felicidade de muito dono de TV.

Agora, diante do encolhimento religioso em prática e o fim da lei do menor esforço, o quadro inevitavelmente voltará a se inverter. Muito provavelmente, as emissoras de TV serão forçadas uma vez mais a fazer televisão. Quer melhor?

TV Tudo

Investimento

Além de uma nova sede, acompanhada de uma série de investimentos, a TV Record Vale, em São José dos Campos-SP, anunciou a chegada de Ana Paula Torquetti.

Ex-TV Vanguarda/Globo, onde trabalhou por 13 anos, ela comandará um novo telejornal.

Vez do Milton

Fábio Porchat continua recebendo os grandes nomes da Record, no seu mês de aniversário, os que ainda estão na casa ou que passaram por lá.

Nesta segunda-feira foi o dia de gravar com Milton Neves, que lá com certeza viveu o seu melhor momento na televisão.

Não fez a conta – 1

Antes da estreia da sua nova programação dominical, em abril, a Band cansou de ser avisada das dificuldades que teria pela frente.

O domingo, por tradição, tem um “x” de ligados consolidado, há muito tempo distribuído e sem grandes variações entre as diversas emissoras.

Não fez a conta – 2

Pelo menos até agora esse número “x” só sofreu oscilações, ainda assim insignificantes, por influência das mudanças climáticas.

Domingo de sol, tempo bom, a audiência cai, ao contrário do domingo frio ou com chuva. Desde a televisão “a lenha” sempre foi assim.

Vai daí que…

Foi essa conta que a Band não fez. Ninguém pode dizer que o Datena está fazendo um programa ruim. Ao contrário, com o tempo soube se ajustar, soube temperar as suas atrações e acertadamente aumentar o espaço do jornalismo.

O mesmo agora, com Milton Neves, superada aquela bobagem do entretenimento. Falta apenas encontrar horários mais adequados para os dois.

Final do Canta

Nesta quarta-feira, ao vivo, direto dos estúdios da Vera Cruz, em São Bernardo do Campo, a Record vai transmitir a grande final da primeira edição do programa Canta Comigo.

Serão oito candidatos no palco.

Inscrições

Conforme antecipado neste espaço, o Canta Comigo já tem segunda temporada confirmada.

Inscrições abertas.  Para tudo ficar tranquilo, só o novo contrato do Gugu é que falta acertar.

Esquema armado

Para evitar uma superexposição, dois programas ao mesmo tempo, ficou decidido que a nova temporada do Vai Fernandinha, em gravação, só entrará na programação do Multishow em 2019.

Fernanda tem investido cada vez mais no lado apresentadora.

Oportuno

Susy Camacho, atriz e psicóloga, vai aparecer como ela mesma na novela As Aventuras de Poliana, do SBT, no dia 14.

Ela participará de uma palestra na fictícia escola Ruth Goulart que vai abordar a temática da mentira e suas consequências. A doutora Susy dará uma série de dicas e alertas aos pais, jovens e crianças.

Primeira gravação

Sabrina Sato começa a gravar nesta segunda-feira um novo quadro do seu programa, na Record, o Chá de Bebê. Trata-se de um game show disputado por dois casais que estão prestes a serem papais pela primeira vez. Estreia dia 22.

Externa 1

Na segunda temporada de Sob Pressão, na Globo, com estreia em outubro, a novidade é que os personagens vão ganhar as ruas do Rio de Janeiro. Os grandes eventos fora do hospital movimentarão vários capítulos. Uma cena em destaque é um grave acidente de ônibus envolvendo Carolina, Marjorie Estiano, que mobilizou cerca de 220 pessoas da equipe.

Externa 2

Após uma tentativa de assalto, o veículo em que a médica está capota, despenca de um viaduto e explode. A gravação da sequência durou cinco dias. Foram utilizados dois ônibus, dois guindastes e uma escavadeira.

Já a explosão consumiu 20 botijões de gás, 100 litros de querosene e 100 sacos de estopa, em meio a um forte esquema para garantir a segurança de toda a equipe.

Bate-Rebate

·       A Rede TV! possui dois programas sobre o mundo dos famosos consolidados: A Tarde é Sua e “TV Fama”…

·       …Pra que inventar um terceiro?…

·       …Não seria mais interessante buscar uma novidade para a programação?

·       Larissa Manoela não para. Entre gravação de novela no SBT e viagens para os Estados Unidos, ela também se dedica ao trabalho de um novo CD.

·       Com direção de Arthur Vinciprova, começam em outubro as filmagens de A Gruta, filme de terror estrelado por Carolina Ferraz…

·       …Carolina dividirá o filme com diversos atores que ainda não são conhecidos do grande público, durante as filmagens em Carrancas-MG e Rio de Janeiro.

·       …O lançamento vai acontecer no segundo semestre de 2019.

·       Humberto Martins fará Verão 90, substituta de O Tempo Não Para.

·       Alice Braga gravou com Tatá Werneck para nova temporada do Lady Night.

C’est fini

A locutora Luciana Mariano tem conquistado cada vez mais espaço nas transmissões do futebol internacional da ESPN. Desde o início da temporada, em agosto, narrou em todos os fins de semana, incluindo partidas da Premier League.

Dito isso, o canal constatou aumento da audiência feminina, especialmente entre mulheres de 35 a 49 anos, faixa que registra 80% de crescimento em comparação com o início da temporada passada.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *