Samsung sinaliza queda no lucro de smartphones

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Tablet & Celulares, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 31 de outubro de 2019 as 11:40, por: CdB

A Samsung Electronics avisou nesta quinta-feira que deve divulgar um lucro menor no negócio de celulares no quarto trimestre.

Por Redação, com Reuters – de Seul/Helsinque

A Samsung Electronics avisou nesta quinta-feira que deve divulgar um lucro menor no negócio de celulares no quarto trimestre, enquanto a Apple deu uma perspectiva positiva de vendas do iPhone, atenuando esperanças de que novos modelos ajudarão a companhia sul-coreana a recuperar crescimento no segmento.

 A Samsung Electronics avisou nesta quinta-feira que deve divulgar um lucro menor no negócio de celulares no quarto trimestre
A Samsung Electronics avisou nesta quinta-feira que deve divulgar um lucro menor no negócio de celulares no quarto trimestre

Os investidores depositaram esperanças em uma recuperação dos negócios com celulares da Samsung, que já representou mais da metade do lucro do conglomerado, em um momento em que a divisão de chips permanece em declínio devido a excesso de oferta e fraca demanda global.

As fortes vendas do smartphone Galaxy Note 10 ajudaram a empresa sul-coreana a reportar o melhor lucro para a área em seis trimestres nos três meses terminados em setembro.

A área de celulares registrou um aumento de 32% no lucro operacional, para 2,9 trilhões de wons (US$ 2,5 bilhões ) no terceiro trimestre, o maior desde o primeiro trimestre de 2018.

Mas a Samsung alertou que o lucro com dispositivos móveis no quarto trimestre cairá pressionado por aumento em custos de marketing e desaceleração em vendas dos principais modelos após os picos de lançamento.

– O efeito dos smartphones novos provavelmente diminuirá no quarto trimestre, pois as pessoas não acham o novo modelo Note da Samsung, lançado há vários meses, muito atraente – disse Song Myung-sup, analista da HI Investment & Securities. “Isso resultará em uma queda nas vendas e, eventualmente, menos lucro.”

Chips

Em contraste, a Samsung disse que as vendas de chips devem aumentar no próximo ano, com sinais positivos de demanda de clientes de centrais de processamento de dados e de fabricantes de smartphones 5G.

A maior fabricante de chips de memória do mundo disse que o lucro operacional no trimestre encerrado em setembro caiu 56%, para 7,8 trilhões de wons (US$ 6,7 bilhões ), um pouco acima dos 7,7 trilhões de wons que a empresa divulgou anteriormente. A receita caiu 5,3%, para 62 trilhões de wons, em linha com as estimativas anteriores.

O lucro da Samsung caiu em quatro anos consecutivos e deve cair novamente no trimestre atual, antes de se recuperar no próximo ano, devido às vendas mais fortes de chips, dizem analistas.

– As vendas globais de smartphones 5G estarão em pleno andamento no próximo ano, suportando um sólido crescimento da demanda por chips de memória – disse o analista Park Sung-soon da Cape Investment & Securities.

Nokia

A Nokia contratou centenas de engenheiros na Finlândia este ano para acelerar seu desenvolvimento 5G, informou a empresa na quarta-feira.

A empresa finlandesa, rival da Ericsson da Suécia e da Huawei da China, cortou suas perspectivas de lucro para 2019 e 2020 na semana passada, dizendo que o lucro ficaria sob pressão à medida que a empresa gasta mais para superar rivais no negócio de rápido crescimento de redes 5G.

A Nokia recrutou 350 funcionários na Finlândia este ano, 240 em sua unidade de redes móveis e muitos dedicados ao desenvolvimento de circuitos integrados SoC (sistema em chip) – um elemento-chave para seus equipamentos 5G, disse uma porta-voz da Nokia por e-mail.

– É verdade que contratamos funcionários de desenvolvimento 5G recentemente, não apenas em Oulu, mas também em Tampere e Espoo – disse o chefe da unidade de redes da Nokia, Tommi Uitto, segundo o maior jornal da Finlândia, Helsingin Sanomat.

A empresa acelerou suas contratações desde que ele assumiu o cargo há um ano, acrescentou Uitto.

As ações da Nokia despencaram 21% na última quinta-feira, depois que a companhia divulgou resultados decepcionantes no terceiro trimestre e reduziu suas perspectivas. No ano, as ações da Nokia acumulam queda de 30%.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *