Sem comprovar, Guedes diz que país volta crescer em ‘V mesmo’

Arquivado em: Comércio, Internet, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 29 de outubro de 2020 as 15:20, por: CdB

Após classificar o auxílio emergencial como medida muito bem sucedida na crise, ele pontuou que o programa de transferência de renda para 2021 pode ser mais robusto desde que o governo equacione o teto de gastos, sem irresponsabilidade fiscal; ou pode ser o Bolsa Família, nos moldes idealizados no governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

Por Redação – de Brasília

Ministro da Economia, o economista Paulo Guedes afirmou, nesta quinta-feira, que a retomada da economia não está sendo num formato de ‘V da Nike’ como inicialmente aventou, mas “V mesmo”, em referência a uma recuperação mais acelerada. Nenhum dado macroeconômico, no entanto, embasam a declaração do ‘Posto Ypiranga’, como é conhecido o ministro.

Paulo Guedes
Paulo Guedes tem feito previsões otimistas demais para a economia brasileira e nenhuma delas, até hoje, se confirmou

Em audiência pública no Congresso, Guedes disse ainda que a criação de empregos está se dando “a um ritmo bastante impressionante” e que espera que os dados do Caged de setembro, que serão publicados nesta tarde, sejam fortes.

Após classificar o auxílio emergencial como medida muito bem sucedida na crise, ele pontuou que o programa de transferência de renda para 2021 pode ser mais robusto desde que o governo lide corretamente com o teto de gastos, sem irresponsabilidade fiscal, ou pode ser o Bolsa Família.

Orçamento

Sobre o programa social, Guedes também afirmou que, do fim do ano para frente, há ponto de interrogação sobre o suporte a vulneráveis e que, se o país não trabalhar as reformas, haverá “enorme desafio” no caso de uma segunda onda de covid-19.

No Congresso, ele destacou que o governo não pode, em vez de enfrentar reais desafios orçamentários, usar desculpa para estender auxílios “como se não houvesse amanhã”.

— Para isso não contem comigo — concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *