Snapchat lançará óculos de realidade aumentada

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Redes Sociais, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 13 de agosto de 2019 as 11:46, por: CdB

A Snap teve problemas para ganhar dinheiro com os Spectacles e registrou US$ 40 milhões em óculos não vendidos em 2017.

Por Redação, com Reuters – de Nova York

A Snap anunciou nesta terça-feira que lançará uma nova versão dos óculos Spectacles, que terá a capacidade de capturar fotos e vídeos e enviá-los diretamente para o app Snapchat, enquanto a empresa de tecnologia trabalha para desenvolver seus recursos de realidade aumentada.

A Snap anunciou nesta terça-feira que lançará uma nova versão dos óculos Spectacles

A Snap teve problemas para ganhar dinheiro com os Spectacles e registrou US$ 40 milhões em óculos não vendidos em 2017.

Os novos Spectacles, de edição limitada e produzidos em menor quantidade do que nas versões anteriores, permitem que a Snap continue experimentando com realidade aumentada, um foco importante para a empresa.

Os Spectacles 3

Os Spectacles 3, que começarão a ser vendidos ainda este ano, custarão US$ 380, quase o dobro da versão anterior, que custava US$ 200. Ele terá câmeras duplas para adicionar profundidade e dimensão a fotos e vídeos. Depois de enviar o conteúdo para o Snapchat, os usuários podem adicionar novas luzes, paisagens e efeitos tridimensionais às imagens, disse a Snap.

Na semana passada, a Snap disse que captaria US$ 1,1 bilhão em dívidas para financiar investimentos adicionais em realidade aumentada, conteúdo e possíveis aquisições.

Amazon

Senadores dos Estados Unidos inquiriram na segunda-feira o presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezos, sobre como o selo “Amazon’s Choice” é definido para produtos e se a designação engana consumidores ao fazê-los comprar “produtos de qualidade inferior”.

– Estamos preocupados que o selo seja atribuído de maneira arbitrária, ou pior, com base em resenhas fraudulentas de produtos – disseram os senadores democratas Bob Menendez e Richard Blumenthal em carta a Bezos.

O selo “Amazon’s Choice” (Escolha da Amazon) é uma pequena marca que aparece próxima de certos produtos, de forma semelhante à designação “mais vendido”.

A Amazon abriu um processo em 2015 para impedir companhias de escreverem resenhas falsas para vendê-las a varejistas interessados em ampliar suas vendas no site.

Os senadores afirmaram que a falta de informação sobre como a Amazon determina que produtos recebem o selo os levou a questionar se a companhia os está usando para “promover seus próprios produtos ante os de competidores, potencialmente colocando em desvantagem os vendedores menores na plataforma”.

Representantes da Amazon não puderam responder de imediato.

O Departamento de Justiça dos EUA anunciou em julho uma investigação se grandes companhias de tecnologia, incluindo serviços de varejo online estão engajadas em práticas anticompetitivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *