Sobe número de mortos na Baixada Santista

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, São Paulo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 9 de março de 2020 as 13:43, por: CdB

Equipes do Instituto Geológico e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas reforçam as equipes técnicas municipais nas avaliações das áreas afetadas e no monitoramento do risco nos locais de buscas.

Por Redação, com ABr – de São Paulo

A Baixada Santista registrou nesta segunda-feira 42 mortes depois das chuvas que atingiram a região na madrugada do último dia 3. Até o momento estão desaparecidas 36 pessoas. Em Santos foram oito óbitos e São Vicente, três. No Guarujá foram 31 óbitos e ainda há 36 não localizados, de acordo com boletim atualizado pela Defesa Civil do Estado.

Segundo Defesa Civil, no Guarujá foram 31 óbitos
Segundo Defesa Civil, no Guarujá foram 31 óbitos

Equipes do Instituto Geológico e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas reforçam as equipes técnicas municipais nas avaliações das áreas afetadas e no monitoramento do risco nos locais de buscas.

Os decretos

No Diário Oficial do Estado do último dia 4, o Governador João Doria homologou sumariamente os decretos municipais de situação de anormalidade de Guarujá (estado de calamidade pública), Santos e São Vicente (situação de emergência). No dia seguinte, esses decretos foram reconhecidos sumariamente no Diário Oficial da União.

Nas últimas 24 horas, a contar das 6h desta segunda-feira foram registrados mais 8mm em Santos (34mm em 72h), 4mm no Guarujá (10mm em 72h) e 0mm em São Vicente (0mm em 72h).

A previsão para esta segunda-feira foi calor, com a disponibilidade de umidade na atmosfera criando condições para a formação de áreas de instabilidade que provocam pancadas de chuva de curta duração em toda a faixa leste do Estado, incluindo a Baixada Santista. A chuva virá com descargas elétricas e rajadas de vento. O acumulado previsto para hoje em Guarujá é 1mm.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *