Dólar mais caro reduz volume de compras dos brasileiros, no exterior

Embora existam outros fatores, a cotação do dólar foi a principal causa da redução nas despesas dos viajantes. Em 2019, a moeda norte-americana terminou com alta de 3,5%  em um ano de fortes turbulências no mercado de câmbio, que chegou a registrar uma desvalorização do real de quase 10%. No fim de novembro, a cotação do dólar atingiu recorde histórico, fechando a R$ 4,24.

Continue lendo

Alta do dólar arrasta gasolina, carne e feijão a altas recordes

Diante da alta expressiva do dólar, os preços ao produtor de feijão carioca também subiram quase 50%, nas últimas semanas, para uma média de R$ 245 a saca em novembro. O número é cerca de 150% maior do que o verificado no mesmo período de 2018, segundo dados do Instituto Brasileiro de Feijão e Pulses (Ibrafe).

Continue lendo