2018: um ano ‘desbalançado’

Por Flavio Aguiar – Ano foi de continuidade de dramas que parecem sem saída, como o dos refugiados no Mediterrâneo, a ascensão do conservadorismo e do fascismo no mundo, e a consagração do embrutecimento da política mundial

Continue lendo