Pandemia: UE tenta salvar modelo econômico neoliberal e sua ideologia

Por Marilza de Melo-Foucher – Como usualmente acontece, os países mais ricos foram os defensores da austeridade orçamentária, reagindo de modo negativo a qualquer tipo de ajuda aos países acusados de serem “economicamente negligentes”. Vale salientar que os países europeus, e a França em particular, estão sujeitos à austeridade orçamentária decretada pelos critérios de Maastricht, segundo os quais, por exemplo, as instituições não podem exceder 3% do déficit.

Continue lendo