Alta do dólar arrasta gasolina, carne e feijão a altas recordes

Diante da alta expressiva do dólar, os preços ao produtor de feijão carioca também subiram quase 50%, nas últimas semanas, para uma média de R$ 245 a saca em novembro. O número é cerca de 150% maior do que o verificado no mesmo período de 2018, segundo dados do Instituto Brasileiro de Feijão e Pulses (Ibrafe).

Continue lendo

Cobranças abusivas de combustíveis na mira da ANP

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou, por meio de nota, que está “atenta” para possíveis cobranças abusivas por combustíveis no Brasil. A cotação internacional do petróleo sofreu uma alta depois de ataques a uma refinaria na Arábia Saudita, na semana passada.

Continue lendo