Witzel recorre ao STF para voltar ao governo do Rio

Witzel foi afastado durante a Operação Tris in Idem, que também cumpriu 17 mandados de prisão e mais de 80 de busca e apreensão. Segundo o Ministério Público, depois da eleição de Witzel, uma organização criminosa se instalou no governo do Estado e loteou secretarias para beneficiar empresários em troca de pagamento de vantagens indevidas.

Continue lendo