Talebã alerta para mais perdas de vidas após EUA suspenderem negociações

Arquivado em: Ásia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 8 de setembro de 2019 as 16:13, por: CdB

“Os americanos sofrerão mais do que ninguém por cancelar as negociações”, disse Zabihullah Mujahid, porta-voz do grupo insurgente, em comunicado divulgado neste domingo.

 

Por Redação, com agências internacionais – de Cabul

 

O Talebã, em nota divulgada neste domingo, afirmou que a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de cancelar as negociações de paz com sua liderança levaria a uma perda adicional de vidas e bens norte-americanos.

O Talebã é o grupo armado mais efetivo no Afeganistão, autor de pesados ataques às forças de ocupação dos EUA
O Talebã é o grupo armado mais efetivo no Afeganistão, autor de pesados ataques às forças de ocupação dos EUA

“Os americanos sofrerão mais do que ninguém por cancelar as negociações”, disse Zabihullah Mujahid, porta-voz do grupo insurgente, em comunicado. Ele acrescentou que as negociações estavam sendo conduzidas sem incidentes até sábado, e os dois lados tinham concordado em manter negociações intra-afegãs em 23 de setembro.

No sábado, Trump cancelou as negociações de paz com os líderes do Talebã no Afeganistão depois que o grupo assumiu a responsabilidade, na semana passada, por um ataque em Cabul que matou um soldado norte-americano e outras 11 pessoas.

Camp David

Trump disse que planejava uma reunião secreta com os “principais líderes” do Talebã no domingo, em um complexo presidencial em Camp David. Trump disse que também planejava se reunir com o presidente do Afeganistão.

Mas o presidente norte-americano disse que interrompeu as negociações imediatamente quando os insurgentes disseram que estavam por trás do ataque.

“Se eles não podem concordar com um cessar-fogo durante essas muito importantes negociações de paz e até matam 12 pessoas inocentes, provavelmente não terão o poder de negociar um acordo significativo de qualquer maneira”, disse Trump no Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *