Thiem vence Zverev e avança à final do Aberto da Austrália

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 31 de janeiro de 2020 as 12:49, por: CdB

Dominic Thiem venceu a batalha da nova geração com Alex Zverev por 3-6, 6-4, 7-6 (3) e 7-6 (4), nesta sexta-feira, para chegar à sua primeira final do Aberto da Austrália.

Por Redação, com Reuters – de Melbourne

Dominic Thiem venceu a batalha da nova geração com Alex Zverev por 3-6, 6-4, 7-6 (3) e 7-6 (4), nesta sexta-feira, para chegar à sua primeira final do Aberto da Austrália, na qual terá pela frente o atual campeão Novak Djokovic.

Dominic Thiem em partida contra Alexander Zverev no Aberto da Austrália
Dominic Thiem em partida contra Alexander Zverev no Aberto da Austrália

Em uma emocionante semifinal com interrupção pela chuva, falha de iluminação e muito drama, o austríaco quinto cabeça-de-chave teve um começo lento, mas foi mais corajoso nos grandes pontos na Rod Laver Arena.

Vitória

Thiem acertou dois forehands para conquistar três match points no tiebreak decisivo, e então selou a vitória com um voleio para alcançar sua terceira final de Grand Slam, depois de perder duas vezes em Roland Garros para Rafael Nadal.

– Nós dois poderíamos ter vencido hoje – disse ainda na quadra Thiem, de 26 anos, que eliminou Nadal nas quartas de final.

– Talvez (eu tenha) um pouco mais de experiência, um pouco de algo mais. Ele tem apenas 22 anos, talvez não demore para ele chegar à sua primeira final de Grand Slam – acrescentou.

– Foi uma partida irreal, mais uma vez dois tiebreaks, tão difíceis e tão acirrados. Era quase impossível quebrá-lo – acrescentou.

Com os Grand Slams masculinos dominados há anos por Djokovic, Nadal e Roger Federer, Thiem tentará se tornar o primeiro homem nascido na década de 1990 a conquistar um dos quatro eventos mais importantes do circuito.

Djokovic

Novak Djokovic voltou a bater o rival Roger Federer em um Grand Slam, com uma vitória por 7-6 (1), 6-4 e 6-3, na quinta-feira, para avançar à final do Aberto da Austrália e permanecer no caminho para ampliar o recorde com o oitavo título em Melbourne Park.

Foi o 50º ato de uma das maiores rivalidades do esporte e as apostas estavam pesadas contra Federer, uma vez que o suíço não derrota o sérvio nos principais torneios desde 2012, quando venceu na grama de Wimbledon.

A jornada de Federer nas quadras azuis do Melbourne Park esteve longe de ser tranquila. Ele ficou a dois pontos da derrota contra John Millman na terceira rodada e depois salvou sete match points para superar o norte-americano Tennys Sandgren nas quartas de final.

O suíço dono de 20 títulos de Grand Slam, no entanto, começou melhor. Federer tinha 4-1 e 0-40 no saque de Djokovic, mas o sérvio conseguiu salvar todos os três break points para vencer o game, após o rival cometer uma série de erros não forçados.

O suíço, que passou por um longo atendimento médico contra Sandgren por um problema na virilha, não estava disposto a entrar em ralis com Djokovic e alcançou incríveis 26 golpes vencedores no primeiro set.

Mas a contagem de seus erros também começou a aumentar, e Djokovic ganhou chance para recuperar o saque e, com uma bela exibição no tiebreak, abriu 1 set a 0.

Ambos os jogadores receberam atendimento médico no final do primeiro set e mais uma vez foi Djokovic que ganhou ritmo para converter sua quarta chance de quebra com um forehand na rede que fechou a segunda série.

Djokovic manteve a pressão sobre o suíço de 38 anos no terceiro set e a quebra crucial veio no sexto game, com um golpe vencedor de direita para abrir vantagem de 4-2.

O tenista de 32 anos, vencedor de 16 títulos de Grand Slam, selou sua 27ª vitória sobre Federer no primeiro match point, quando o suíço mandou a bola na rede, em seu 35º erro não forçado da noite.

Na decisão de domingo, Djokovic enfrentará o vencedor da outra semifinal entre Alexander Zverev, da Alemanha, e o austríaco Dominic Thiem, que eliminou o número um do mundo, Rafael Nadal, nas quartas de final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *