Turquia adverte aos EUA que é perigoso isolar Irã com sanções

Arquivado em: América do Norte, Manchete, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 6 de novembro de 2018 as 10:50, por: CdB

A Turquia é um dos oito países que recebeu permissão dos Estados Unidos para poder continuar importando petróleo iraniano, junto a China, Índia, Itália, Grécia, Japão, Coreia do Sul e Taiwan.

Por Redação, com EFE – de Istambul

O governo da Turquia advertiu aos Estados Unidos nesta terça-feira que isolar o Irã com sanções é perigoso, injusto e não produz resultados.

O governo da Turquia advertiu aos Estados Unidos nesta terça-feira que isolar o Irã com sanções é perigoso

– Isolar o Irã é perigoso e castigar o povo iraniano não é justo – disse o ministro de Relações Exteriores da Turquia, Mevlüt Çavusoglu, durante sua visita oficial ao Japão, em declarações coletadas pela agência turca “Anadolu”.

– Não acreditamos que se possa conseguir resultados através das sanções – completou o ministro em relação às sanções americanas contra o Irã que acabam de entrar em vigor e que afetam a venda do petróleo iraniano, as transações financeiras com seu Banco Central e o setor portuário do país.

A Turquia é um dos oito países que recebeu permissão dos Estados Unidos para poder continuar importando petróleo iraniano, junto a China, Índia, Itália, Grécia, Japão, Coreia do Sul e Taiwan.

– Enquanto pedíamos uma isenção dos EUA, fomos francos com eles e lhes dissemos que encurralar o Irã não é inteligente – ressaltou Çavusoglu.

– Acredito que, no lugar de sanções, o diálogo e o compromisso podem ser muito mais úteis – acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *