União Europeia mantém posição firme sobre Brexit

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 16 de setembro de 2019 as 13:15, por: CdB

O Parlamento do Reino Unido rejeitou três vezes um acordo negociado por sua antecessora, Theresa May, que incluía o chamado mecanismo backstop para manter a fronteira aberta.

Por Redação, com Reuters – de

A Comissão Europeia disse nesta segunda-feira que Londres ainda não propôs uma alternativa ao backstop irlandês, que vem impedindo um acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia, oferecendo um relato áspero de uma reunião entre seu presidente e o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.

Presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker, e premiê britânico, Boris Johnson

O gabinete de Johnson deu uma descrição mais otimista do almoço entre o chefe da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, em Luxemburgo, mas reiterou que o Reino Unido deixará a UE em 31 de outubro, o prazo da separação, e não pedirá um adiamento.

Faltando menos de sete semanas para a ruptura, Johnson ainda não chegou a um acordo com Bruxelas sobre como administrar o rompimento entre a quinta maior economia do mundo e sua maior parceira comercial.

Em um comunicado emitido após o almoço, o escritório de Johnson disse que as conversas entre seu país e o bloco se intensificarão.

Elas serão promovidas do nível técnico em que transcorreram nas últimas semanas ao nível político, a cargo do negociador do Brexit da UE, Michel Barnier, e o secretário britânico do Brexit, Stephen Barclay, e as reuniões acontecerão diariamente.

Johnson espera que um pacto para o Brexit possa ser firmado na cúpula de líderes do bloco entre os dias 17 e 18 de outubro.

O futuro da fronteira terrestre entre a Irlanda, membro da UE, e a província britânica da Irlanda do Norte é o pomo da discórdia tanto entre o premiê e a UE quanto entre ele e parlamentares britânicos.

O Parlamento do Reino Unido rejeitou três vezes um acordo negociado por sua antecessora, Theresa May, que incluía o chamado mecanismo backstop para manter a fronteira aberta.

Juncker disse a Johnson em Luxemburgo que este precisa apresentar propostas viáveis para substituir o backstop.

Soluções legalmente

“O presidente Juncker relembrou que é responsabilidade do Reino Unido propor soluções legalmente operacionais que sejam compatíveis com o Acordo de Retirada”, disse a Comissão Europeia em um comunicado, referindo-se ao acordo fechado por May.

“O presidente Juncker sublinhou a disposição e a abertura contínuas da Comissão para examinar se tais propostas atendem os objetivos do backstop. Tais propostas ainda não foram feitas”.

Do lado de fora do restaurante em que Juncker e Johnson jantaram, dezenas de britânicos, muitos deles aposentados que moram em Luxemburgo, ergueram cartazes protestando contra a abordagem de Johnson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *