Utilização do VAR gera discussão até dentro das próprias TVs

Arquivado em: Coluna da TV, Cultura, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 18 de novembro de 2020 as 10:10, por: CdB

Durante muito tempo e até hoje é meio assim, a televisão aberta sempre resistiu às transmissões de tênis, vôlei e até basquete, porque os jogos nunca têm hora para terminar. Os comprometimentos na grade de programação sempre são inevitáveis.

Por Flávio Ricco – do Rio de Janeiro

Colaboração – José Carlos Nery

Durante muito tempo e até hoje é meio assim, a televisão aberta sempre resistiu às transmissões de tênis, vôlei e até basquete, porque os jogos nunca têm hora para terminar. Os comprometimentos na grade de programação sempre são inevitáveis.

O ex-árbitro Arnaldo Cezar Coelho
O ex-árbitro Arnaldo Cezar Coelho

O futebol, pós-VAR, não chega a tanto e embora sua utilização se limite para determinados casos – situações de gol, pênalti, cartão vermelho e erro de identificação, as paralisações, especialmente aqui no Brasil, são muito demoradas.

E nem sempre de forma satisfatória, porque erros ainda são cometidos, mesmo depois da verificação e até provocando distorções em alguns resultados.

O grande problema, parece, ainda é o desconhecimento. A falta de um melhor treinamento e a dificuldade em usar o equipamento. Não é normal, por exemplo, o tempo gasto para traçar linhas de impedimento, o que em qualquer televisão se faz em questão de segundos.

A dinâmica do jogo, por tudo isso e mais um pouco, foi alterada de forma muito importante. E tempo, em televisão, não se estoca. A demora nessas decisões sempre cai na conta de alguém.

TV Tudo

Justiça se faça

Autoridade em arbitragem, Arnaldo Cezar Coelho desde o começo se colocou contra a aplicação do VAR. Não contra a ideia, mas ao exagero na sua utilização: “o torcedor não sabe mais se vibra ou não, grita gol ou não. Ficou complicado”.

O próprio Arnaldo repetiu à coluna muito do que falou no SporTV: o único que está ganhando com isso, por enquanto, é o inventor do aparelho.

E disse mais

Arnaldo também entende que as próprias deficiências técnicas tornam o VAR bem discutível. As câmeras nem sempre estão posicionadas para traçar a linha do impedimento corretamente ou se a bola entrou ou não entrou no gol.

As discussões, segundo ele, continuam sendo as mesmas ou maiores ainda. O árbitro, ao botar o dedo no ouvido e seguir o que lhe foi passado, está transferindo autoridade, “o VAR corrói a autoridade do árbitro”.

Mesma linha

Ex-árbitro e comentarista de arbitragem, Paulo Cesar Oliveira tem opiniões bem parecidas. Acha que os árbitros não decidem em campo e transferem a responsabilidade para a cabine.

O objetivo do VAR, segundo PCO, é “corrigir erros claros e óbvios, mas na prática há um excesso de checagens e revisão de lances interpretativos”, contrariando a filosofia da mínima interferência.

Muito claro

Paulo Cesar Oliveira entende que falta um especialista para trabalhar e analisar a imagem.

“Senti isso quando comecei a trabalhar na Globo. Os árbitros não treinam, só utilizam a ferramenta nos jogos”, conclui.

Você sabia?

Em Souza, na Paraíba, via IPTV, existe um canal de televisão com o nome de TV Manchete.

“Um canal que homenageia a antiga”, com o mesmo logo e o slogan “Você em primeiro lugar”.

Apoio

Rafaella Santos, irmã do Neymar, promove uma live, dia 22, às 15h, para apoiar a organização Missions Ministry, de Moçambique.

Um leilão, com todos os itens cedidos por amigos e celebridades, como Pelé, Lewis Hamilton, Usain Bolt, Zico, Dani Alves, Gusttavo Lima, Tiago Leifert, Giovanna Lancellotti, Larissa Manoela, entre outros.

Inscrições

Em dia a ser definido, a Band abrirá em dezembro as inscrições para a próxima edição do MasterChef, versão Amadores.

O programa, em 2021, voltará ao antigo formato, com vencedor anunciado no encerramento da temporada.

Vai entender

A produção do Bial conseguiu, para esta última segunda-feira, uma entrevista com Barack Obama e a Globo botou chamadas no ar, um zilhão delas, desde o último sábado.

Só que exibiu o programa quase duas horas da manhã, madrugada de terça, 1h49.

Especial

Nesta quinta-feira, às 22h45, a TV Cultura exibe o especial inédito Ruth Cardoso 90 anos.

A antropóloga, morta em 2008, aos 77 anos, é lembrada até hoje tanto por sua atuação acadêmica como por seu papel de primeira-dama e influenciadora de programas sociais no governo do marido, Fernando Henrique Cardoso.

Destaque

Laíze Câmara terá um papel de destaque na minissérie Ameaça Invisível, prevista para estrear na Record em 2021. Sua personagem, Flor, é uma jovem com distúrbios de paranoia, estudante de jornalismo e tem caso com um médico endocrinologista “das famosas”, Heitor (Juan Alba).

Laíze viveu Francineide, melhor amiga de Ritinha (Isis Valverde), nos primeiros capítulos de A Força do Querer, em reprise na Globo.

Bate – Rebate

·       Uma das séries mais vendidas da televisão brasileira e também premiada, Escola de Gênios estreia sua 4ª temporada, dia 23, às 14h no Gloob…

·       … Em 2019, EG foi ganhadora do Grande Prêmio da Academia de Cinema, como Melhor Série do Ano.

·       Em vídeo, Faa Morena comunicou ontem seu desligamento da Rede TV!…

·       … Foram 17 anos de casa e de Ritmo Brasil.

·       A dupla Rick & Renner comanda o Música na Band, sexta-feira, às 22h45.

·       O Saia Justa, do GNT, nesta quarta, 22h30, terá a cantora Iza em um dos blocos, comentando sobre a situação da mulher negra nos dias de hoje…

·       … Falando das suas conquistas e do que ainda precisa mudar.

·       Única novela inédita no ar, Amor Sem Igual continua com resultados muito bons…

·       … Diariamente colocando a Record na vice-liderança em seu horário de exibição.

·       A fraca The Mandalorian, cartaz de Tela Quente, marcou 17,49 pontos em São Paulo. Foi muito.

·       O Nat Geo e Luan Santana se uniram em prol do Pantanal, e no próximo domingo, a partir das 17h, com transmissão do canal, o cantor fará uma live musical de 4 horas, diretamente do Pantanal para arrecadar fundos para a recuperação do bioma.

C´est fini

Funcionários desconfiam que haja algo mais, além de furto de cabos, nesse problema de telefonia do SBT Rio e que tem levado a Redação a se socorrer dos próprios celulares.

Ainda ontem, o problema persistia. Cadê o técnico?

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *