Witzel responde a Bolsonaro e diz que presidente é um prevaricador e vai para a cadeia

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 5 de junho de 2020 as 14:03, por: CdB

“Eu lamento decepcioná-lo, mas essa suposta prisão que ele deseja para mim não acontecerá. Ele tem que ficar mais preocupado com os atos que tem praticado”, disse o governador do Estado do Rio, Wilson Witzel.

Por Redação – do Rio de Janeiro

Governador do Estado do Rio de Janeiro, o ex-juiz Wilson Witzel (PSL-RJ) respondeu aos ataques do ex-aliado e hoje adversário ferrenho Jair Bolsonaro (sem partido) que, na véspera, insinuou que ele será preso, em breve.

O candidato Wilson Witzel (PSL) estaria inelegível, com base na Lei da Ficha Limpa
O governador Wilson Witzel (PSL) foi citado em entrevista do presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

— Eu lamento decepcioná-lo, mas essa suposta prisão que ele deseja para mim não acontecerá. Ele tem que ficar mais preocupado com os atos que tem praticado: afrontando a Lei de Segurança Nacional, sendo investigado por prevaricação, falsidade ideológica, interferência na Polícia Federal, fake news, o uso de dinheiro de caixa dois do PSL… — afirmou Witzel, em entrevista a uma rádio do Rio Grande do Sul.

Preocupado

Mas a réplica não ficou apenas nas acusações ao mandatário neofascista.

— Quem tem que estar preocupado com a prisão, sinceramente, com todo o respeito, pela avaliação como jurista e como juiz que fui, não sou eu. Eu acho que ele tem que estar preocupado com a liberdade dele — acrescentou.

Alvo de investigações sobre irregularidades em contratos durante a pandemia do novo coronavírus, Witzel repetiu que provará sua inocência.

— A verdade processual pode demorar, mas ela vai chegar — concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *