18ª reunião do Grupo do Rio começa nesta quinta-feira

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 2 de novembro de 2004 as 15:08, por: CdB

Os chefes de Estado de 19 países da América do Sul, América Central e México, integrantes do Grupo do Rio, estarão no Rio de Janeiro nos dias 4 e 5 de novembro para participar da 18ª reunião do bloco. Ao final do encontro, os governantes deverão aprovar um documento com propostas para promover a cooperação entre os países em diversas áreas, além da solução de conflitos políticos.

Três temas devem ser discutidos: o encontro de líderes mundiais para ações contra a fome e a pobreza, a cooperação internacional com o Haiti e a criação de um fundo de investimentos para financiar os países do bloco.

O esboço do documento começou a ser elaborado em reunião dos Coordenadores Nacionais nesta terça-feira, no Hotel Copacabana Palace. Na quarta-feira, o documento será analisado pelos chanceleres de cada país. No dia seguinte, ele será finalizado pelos chefes de Estado.

Para garantir a segurança das delegações, o policiamento na cidade foi reforçado. Ao todo, 1,8 mil homens do Exército, Marinha, Aeronáutica, polícias Federal, Civil e Militar estão envolvidos no esquema. Além do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, já confirmaram presença os presidentes da Argentina, México, Costa Rica, Uruguai, Guiana, República Dominicana, Bolívia, Colômbia e Chile.

O Grupo do Rio foi criado em 1986 com o objetivo de consolidar a democracia a partir do desenvolvimento econômico e social, em um processo de cooperação e integração dos países membros. Além do Brasil, também participam Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Nicarágua, Paraguai, Panamá, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.