Zema exonera diretores de escolas e população protesta em MG

Segurando cartazes com dizeres como “justiça, valorização e respeito à nossa direção”, “o diretor trabalha tanto pela escola e o que ganha? Exoneração” e “não aceitamos autoritarismo”, os trabalhadores em educação denunciaram que o ocorrido com Virgílio Araújo não é um caso isolado. 

Continue lendo