PSL quer que Flavio Bolsonaro devolva dinheiro pago a advogado suspeito

O advogado Vitor Granado recebeu os recursos durante 13 meses e meio de contrato para serviços jurídicos ao PSL do Rio, então comandado por Flávio Bolsonaro. O custo aos cofres públicos foi de ao menos R$ 500 mil. Segundo o empresário Paulo Marinho, Granado teria recebido informações de um delegado da PF sobre uma operação a ser deflagrada.

Continue lendo

Teste do vice-presidente para coronavírus dá negativo

Segundo nota divulgada neste domingo, Mourão e sua esposa, Paula Mourão, foram submetidos no sábado a teste para covid-19 e entraram em isolamento no Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência. “Só devendo o vice-presidente retornar ao trabalho normal na próxima quarta-feira, caso os exames de contraprova assim o autorizem”, destaca a nota.

Continue lendo