Mandante do assassinato a sindicalista terá um novo júri

  Por Redação, com Brasil de Fato – de São Paulo Prosseguiu nesta quarta-feira o segundo julgamento do fazendeiro Décio José Barroso Nunes, acusado de mandar assassinar o sindicalista José Dutra da Costa, também conhecido como Dezinho, no dia 21 de novembro de 2000, no município de Rondon do Pará, sudeste do Estado. Em 2014, o madeireiro […]

Continue lendo