Abastecimento nos postos de combustível ainda não foi normalizado

Arquivado em: Destaque do Dia, Energia, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 31 de maio de 2018 as 16:39, por: CdB

De acordo com balanço da Polícia Rodoviária Federal, deste sábado; foram registrados apenas nove pontos em todo país com pequenas aglomerações de pessoas e veículos em postos de combustível.

 

Por Redação – de São Paulo

 

Cerca de 70% do abastecimento de combustíveis do país voltou ao normal com o enfraquecimento da paralisação dos caminhoneiros, e a Região Sul é a que ainda tem mais atrasos na distribuição, disse nesta quinta-feira o diretor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) Aurélio Amaral.

Operação visa identificar supostas adulterações de combustível nos postos

Segundo Amaral, ainda há bloqueios em estradas nos Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. “Os dois estão liderando manifestações e por lá tem mais problemas do que no resto do Brasil”, disse o diretor da ANP à agência inglesa de notícias Reuters.

De acordo com balanço da Polícia Rodoviária Federal, deste sábado; foram registrados apenas nove pontos em todo país com pequenas aglomerações de pessoas e veículos localizadas em locais próximos às rodovias federais, sendo oito deles no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Desabastecimento

No auge das paralisações dos caminhoneiros foram registrados mais de 1 mil bloqueios em estradas em todos os Estados do país; o que provocou um desabastecimento generalizado e afetou diversos setores da economia. Muitos postos também vendiam combustível adulterado.

O diretor da ANP estimou que a situação do abastecimento deve estar totalmente normalizada durante o fim de semana.

— Não temos mais nenhuma localidade em nível vermelho, agora só em estado de atenção. Ainda falta produto em algumas localidades especialmente no Sul, mas já estão recebendo combustível — concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *