Aberto da Austrália: quarentena força saída antecipada de torcedores

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021 as 12:23, por: CdB

Os jogos do Aberto da Austrália de tênis foram temporariamente suspensos nesta sexta-feira para que os torcedores deixassem a Arena Rod Laver em cumprimento a uma nova quarentena de cinco dias em Melbourne.

Por Redação, com Reuters – de Melbourne

Os jogos do Aberto da Austrália de tênis foram temporariamente suspensos nesta sexta-feira para que os torcedores deixassem a Arena Rod Laver em cumprimento a uma nova quarentena de cinco dias em Melbourne.

Após interrupção, jogo do Aberto da Austrália foi retomado sem público

O principal cabeça-de-chave do torneio, Novak Djokovic, tinha vantagem de 2 sets a 1 sobre o norte-americano Taylor Fritz, mas sofria com uma lesão, quando o jogo foi suspenso às 23h30 locais e foi solicitada a saída dos torcedores.

A nova quarentena de cinco dias, decretada por causa do surgimento de um novo surto do novo coronavírus (covid-19) em um hotel, começou à meia-noite.

Depois de um breve atraso para que os torcedores deixassem a arena, a partida foi retomada.

Luisa Stefani e Bruno Soares vão às oitavas

O Brasil tem dois representantes garantidos nas oitavas de final das chaves masculina e feminina de duplas do Aberto da Austrália. Na noite de quinta-feira, considerando o horário de Brasília, o mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray venceram o sérvio Laslo Djere e o italiano Stefano Travaglia por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2. Nas primeiras horas desta sexta-feira (12), a paulista Luisa Stefani e a norte-americana Hayley Carter bateram a espanhola Paula Badosa e a montenegrina Danka Kovinic por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/0 e 6/1.

Soares e Murray precisaram de apenas 58 minutos para liquidar o jogo válido pela segunda rodada. O brasileiro ocupa, atualmente, a quinta posição no ranking de duplas da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), enquanto o britânico é o 22º do mundo. Na próxima fase, eles terão pela frente o italiano Simone Bolelli (69º da ATP) e o argentino Máximo González (43º), que venceram os italianos Lorenzo Sonego e Andrea Vavassori por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/6 (7/5). A partida ainda será agendada pela organização do Grand Slam.

Stefani e Carter, respectivamente números 31 e 33 do ranking de duplas da Associação de Tênis Feminino (WTA, sigla em inglês), tiveram um duelo complicado e levaram uma hora e 21 minutos para ganharem de virada o duelo contra Badosa e Kovinic. Nas oitavas, a parceria terá como rivais as japonesas Ena Shibahara (18ª do mundo) e Shuko Ayoama (14ª) em dia e horário que ainda serão confirmados. É a segunda vez que as duplas se enfrentarão em 2021. Na decisão do WTA 500 de Abu Dhabi (Emirados Árabes), as asiáticas venceram.

– (Shibahara e Ayoama) É a dupla a ser batida nesse começo de ano. As japonesas venceram os dois torneios da temporada e estão jogando super bem, entrosadas e confiantes. Mas a gente também vem bem. Conhecemos bastante essas adversárias e vamos usar isso a nosso favor. Todos os jogos contra elas têm sido bem parelhos – comentou a brasileira, em nota à imprensa.

Na madrugada deste sábado, será a vez de Thiago Monteiro e Marcelo Melo buscarem lugar nas oitavas de final. O cearense, número um do Brasil – e 74º do mundo – em simples, disputa a chave de duplas do Aberto da Austrália com o anfitrião John Millman (39º da ATP em simples). Por volta das 0h20 (horário de Brasília), eles enfrentam os irmãos britânicos Ken (58º do ranking de duplas) e Neal Skupski (27º). Monteiro chegou à segunda rodada do torneio individual, sendo eliminado pelo russo Andrey Rublev, oitavo melhor do mundo.

Nono melhor duplista do ranking da ATP, Melo compete em Melbourne (Austrália) ao lado do romeno Horia Tecau (23º) e encara o moldavo Radu Albot (128º) e o britânico Daniel Evans (154º). A partida está prevista para iniciar após 1h35 (horário de Brasília). O parceiro oficial do mineiro em 2021 é o holandês Jean-Julien Rojer (24º), mas que não está no Grand Slam porque será pai ainda em fevereiro. Por isso, o brasileiro começou a temporada formando dupla com Tecau. A parceria Melo-Rojer só estreará após o Grand Slam australiano.

Sem público

A partir deste sábado, o Aberto da Austrália não terá presença de público por, ao menos, cinco dias. Daniel Andrews, governador do estado australiano de Victoria, onde fica Melbourne, decretou um lockdown a partir da meia-noite local desta sexta-feira (10h no horário de Brasília) após 13 pessoas na cidade onde ocorre o torneio serem diagnosticadas com a variante britânica do novo coronavírus (covid-19). Em nota, os organizadores informaram que já notificaram os torcedores que haviam adquirido ingressos para reembolsá-los.