Aécio, mesmo longe da convenção, é lançado para o cargo de Anastasia

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado domingo, 29 de julho de 2018 as 13:16, por: CdB

A convenção seguia, em ritmo de festa, com a ausência do líder maior dos tucanos no Estado, o senador Aécio Neves.

 

Por Redação – de Belo Horizonte

Aécio Neves acordou mal humorado, neste domingo, após ser citado quando e onde não devia. Desgastado e com chances reduzidas de vitória nas próximas eleições, o senador Antônio Anastasia (PSDB) passou por mais um vexame, justamente no lançamento de sua candidatura ao governo de Minas Gerais, na noite passada.

Aécio Neves responderá, na condição de réu, por crimes de corrupção e obstrução de Justiça
Aécio Neves responde, na condição de réu, por crimes de corrupção e obstrução de Justiça

Candidato a vice-governador na chapa de Anastasia, o deputado federal Marcos Montes, de Uberaba, de onde lidera a bancada ruralista na Câmara, cometeu uma gafe tremenda durante a convenção da legenda, na capital mineira, que homologou a chapa.

A convenção seguia, em ritmo de festa, com a ausência do líder maior dos tucanos no Estado, o senador Aécio Neves. Atingido por uma série de investigações de corrupção, Neves ainda calcula se terá condições de disputar um cargo público, nas próximas eleições.

Perplexidade

Se depender do presidenciável tucano Geraldo Alckmin, fica fora. Mas ainda haveria espaço para buscar uma vaga na Camara dos Deputados. Há menos de quatro anos, Aécio disputou com Dilma, e perdeu por pouco, a presidência da República.

Ainda influente na cúpula do PSDB, mas sobretudo em Minas, onde fez de Anastasia seu candidato ao governo do Estado, Aécio Neves é hoje uma sombra do que já representou para o eleitorado mineiro. Evitado pela maioria dos aliados, preferiu se ausentar da convenção estadual do partido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *