Aeroporto do Peru fecha em meio a rumores de fuga de presidente interino

Arquivado em: América Latina, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 15 de novembro de 2020 as 11:31, por: CdB

O aeroporto internacional Jorge Chávez, o mais importante do Peru, informou através de sua conta oficial no Facebook que “se encontra fechado e não realiza voos neste momento”, em meio a especulações nas redes sociais sobre uma possível fuga do presidente interino Manuel Merino.

Por Redação, com Sputnik – de Lima

O país latino-americano passa por uma forte crise institucional após a destituição do mandatário peruano Martín Alberto Vizcarra.

Milhares de cidadãos saem diariamente às ruas das principais cidades do Peru para repudiar a destituição do presidente Martín Vizcarra
Milhares de cidadãos saem diariamente às ruas das principais cidades do Peru para repudiar a destituição do presidente Martín Vizcarra

O aeroporto internacional Jorge Chávez, o mais importante do Peru, informou através de sua conta oficial no Facebook que “se encontra fechado e não realiza voos neste momento”, em meio a especulações nas redes sociais sobre uma possível fuga do presidente interino Manuel Merino.

“A Promotoria da nação já está a caminho para revisar e ficar atenta a qualquer situação que possa se apresentar”, acrescenta o comunicado.

A destituição do presidente

Desde o último dia 9, milhares de cidadãos saem diariamente às ruas das principais cidades do Peru para repudiar a destituição do presidente Martín Vizcarra, acusado de corrupção e suborno pelo Congresso peruano, presidido por Manuel Merino.

Os manifestantes acreditam que esta é uma decisão inconstitucional tomada pela oposição e uma vingança dos setores da extrema direita, que somente desejariam deteriorar o sistema democrático neste país latino-americano com a posse de Merino como presidente interino.