Alemanha amplia investigação sobre Facebook e Oculus

Arquivado em: Destaque do Dia, Redes Sociais, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 28 de janeiro de 2021 as 13:12, por: CdB

O regulador antitruste da Alemanha disse nesta quinta-feira que está ampliando o escopo de sua investigação contra o Facebook, relacionada à ligação entre seus produtos da marca de realidade virtual Oculus e a plataforma de mídia social.

Por Redação, com Reuters – de Berlim

O regulador antitruste da Alemanha disse nesta quinta-feira que está ampliando o escopo de sua investigação contra o Facebook, relacionada à ligação entre seus produtos da marca de realidade virtual Oculus e a plataforma de mídia social.

Regulador da Alemanha amplia investigação sobre Facebook e Oculus

A mudança ocorre após uma legislação entrar em vigor no início do mês estabelecendo novas regras para “empreendimentos de importância fundamental para a concorrência entre os mercados”, disse a Agência Federal de Cartéis em comunicado.

– Um ecossistema que se estende por vários mercados, posição quase incontestável de poder econômico, é particularmente característico – disse o chefe do órgão, Andreas Mundt.

– Em vista da forte presença do Facebook e suas unidades WhatsApp e Instagram, tal posição pode ser considerada existente. Este é o primeiro caso em que colocamos as novas disposições em uso – acrescentou.

União Europeia

Embora a supervisão antitruste na União Europeia esteja principalmente nas mãos de seu executivo com sede em Bruxelas, Mundt adotou uma abordagem ativista em relação ao Facebook e o que considera um abuso de seu domínio de mercado.

Mundt emitiu uma ordem em fevereiro de 2019 para limitar a coleta de dados de usuários pelo Facebook, desencadeando uma batalha judicial prolongada que continua em andamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code