Alemanha convoca 8,5 mil vacinados com soro por enfermeira negligente para receber imunizante

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sábado, 14 de agosto de 2021 as 20:14, por: CdB

A prática negligente foi descoberta em 21 de abril por meio de um relatório de outro funcionário. A profissional afirma que não utilizou o imunizante da Pfizer-BioNTech em seis vacinações, mas sim uma solução salina.

Por Redação, com agências internacionais – de Friesland, Alemanha

As autoridades de saúde do Estado da Baixa Saxônia, na Alemanha, iniciaram uma campanha neste sábado para vacinar novamente mais de 8,5 mil pessoas na localidade de Friesland, após a descoberta de que elas podem ter recebido uma injeção de solução salina (soro) em vez da vacina contra a covid-19. A responsável é uma enfermeira de 40 anos da Cruz Vermelha, que agiu dessa forma entre 5 de março e 20 de abril no centro de vacinação de Friesland, um distrito rural perto da costa do Mar do Norte.

vacina, alemanha
A enfermeira em um posto de saúde em área rural no norte da Alemanha aplicou soro em lugar de vacina em cerca de 8,5 mil habitantes

A prática negligente foi descoberta em 21 de abril por meio de um relatório de outro funcionário. A profissional afirma que não utilizou o imunizante da Pfizer-BioNTech em seis vacinações, mas sim uma solução salina. Ela alega que tomou essa decisão para não ter que informar que seus frascos haviam caído. A profissional foi expulsa das instalações e despedida, à medida que a polícia e o Ministério Público investigam um possível delito de agressão; se for declarada culpada, a enfermeira pode ser condenada a até 10 anos de prisão.

O centro de vacinação repetirá a dose a partir desta sexta-feira, segundo um porta-voz do distrito. O Ministério da Saúde da Baixa Saxônia informou que 8.557 pessoas deverão receber a dose real, enquanto autoridades tentam definir o que levou a enfermeira a inocular soro em vez da vacina,. A principal tese, porém, aponta motivos políticos: anteriormente, foi descoberto que ela havia expressado opiniões céticas sobre a imunização nas redes sociais.

Grupo de risco

Um porta-voz do Ministério da Saúde de Hannover declarou na quarta-feira que a população do distrito de Friesland estava reagindo com muita prudência. “Ainda não sabemos se ocorreram casos graves de covid-19 devido às injeções de solução salina”, afirmou. Embora o soro seja inofensivo, a maioria das pessoas que o receberam são idosas com alto risco de contrair a doença — que, como se sabe, é mais prejudicial para pacientes mais velhos.

Segundo a polícia do distrito de Friesland, que já abriu investigação, entre os afetados há pessoas maiores de 70 anos, profissionais de saúde e cuidadores que foram ao centro para receber a vacina.

— Isto me preocupa especialmente porque são as pessoas que mais queremos proteger — afirmou Sven Ambrosy, chefe do distrito de Friesland.

Nervosa

Segundo Ambrosy, 8,7% da população do distrito terá que receber uma dose adicional.

— É falso que, devido ao comportamento de nossa cliente, tenham sido administradas doses de vacinação que só consistiam em solução salina — disse à imprensa o advogado da enfermeira, Cristoph Klatt, na quinta-feira.

Klatt alega que ela ficou nervosa depois de perder uma quantidade do imunizante.

— Em vez disso, ela havia tentado compensar a perda de vacinas de uma ampola quebrada acidentalmente, enchendo as seringas com restos de outras ampolas. Nossa cliente não agiu por motivação política, nem se limitou a administrar solução salina às pessoas que estavam dispostas a se vacinar — concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code