Alemanha é escolhida para sediar Eurocopa de 2024 

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 27 de setembro de 2018 as 13:15, por: CdB

Esta será a primeira vez após a unificação, ocorrida há 28 anos, que o país organizará o torneio. Em 1988, a Alemanha Ocidental recebeu a competição, que acabou sendo conquistada pela Holanda.

Por Redação, com EFE – de Berlim/Barcelona

O Comitê Executivo da Uefa decidiu nesta quinta-feira que a Alemanha sediará a edição de 2024 da Eurocopa, em votação realizada em Nyon, na Suíça, em que a Turquia também estava na disputa e acabou derrotada pela quarta vez.

O Comitê Executivo da Uefa decidiu nesta quinta-feira que a Alemanha sediará a edição de 2024 da Eurocopa

Esta será a primeira vez após a unificação, ocorrida há 28 anos, que o país organizará o torneio. Em 1988, a Alemanha Ocidental recebeu a competição, que acabou sendo conquistada pela Holanda.

As cidades de Berlim, Colônia, Dortmund, Düsseldorf, Frankfurt, Gelsenkirchen, Hamburgo, Leipzig, Stuttgart e Munique serão as sedes dos jogos da Euro, de acordo com o projeto apresentado ao Comitê Executivo da Uefa.

A candidatura alemã teve como embaixador o ex-lateral Philipp Lahm, campeão mundial em 2014, e foi avaliada pela entidade continental como de “alta qualidade e cumpridora das expectativas gerais em aspectos políticos, sociais, de sustentabilidade e direitos humanos”.

A Alemanha era apontada como favorita pelo nível dos estádios apresentados no projeto, todos funcionando atualmente. Além disso, os espaços para reunião de torcedores também eram elogiados, pela estrutura e fáceis formas de acesso.

Outros pontos de destaque da candidatura foram as garantias para prevenir a ação de cambistas, a estrutura do comitê organizador de um ponto de vista legal e operacional, além da garantia de fluxo de receita estável para a Uefa e as relações comerciais com marcas e empresas de alto nível.

Por outro lado, a Turquia saiu do quarto processo sem conseguir se candidatar à Euro, especialmente, pelos problemas de infra-estrutura, além da preocupação dos dirigentes europeus com a garantia de direitos humanos no país.

Sergio Busquets

O Barcelona anunciou nesta quinta-feira a ampliação por dois anos do contrato do volante espanhol Sergio Busquets, que passará a estar vinculado ao clube até o dia 30 de junho de 2023.

O acordo prorroga o anterior, que iria acabar em 2021, além de estipular valor de 500 milhões de euros (US$ 2,38 bilhões) de multa rescisória.

Anteriormente, o interessado em contratar o jogador sem negociação entre clubes, deveria pagar 200 milhões de euros (R$ 953,6 milhões).

Busquets, que estreou pela equipe principal do Barcelona na temporada 2008-2009, tem 30 anos, e já fez 490 partidas com a camisa ‘blaugrana’.

O volante já conquistou 28 títulos pelo clube, sendo sete edições do Campeonato Espanhol, três Liga dos Campeões, três Mundiais de Clubes, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *