Alemanha vê maior número de mortes de coronavírus desde abril

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 11 de novembro de 2020 as 13:31, por: CdB

A Alemanha relatou nesta quarta-feira o maior número de mortes relacionadas à covid-19 desde abril, e seu ministro da Saúde alertou que o número de infecções diárias não diminuiu o suficiente para achatar a curva.

Por Redação, com Reuters – de Berlim

A Alemanha relatou nesta quarta-feira o maior número de mortes relacionadas à covid-19 desde abril, e seu ministro da Saúde alertou que o número de infecções diárias não diminuiu o suficiente para achatar a curva.

Equipe médica trata paciente com suspeita de covid-19 em hopital em Berlim
Equipe médica trata paciente com suspeita de covid-19 em hopital em Berlim

A maior economia da Europa, que está em lockdown parcial desde 2 de novembro para domar uma segunda onda do coronavírus, registrou 18.487 novas infecções e 261 mortes em um dia, informou o Instituto de Doenças Infecciosas Robert Koch.

A chanceler, Angela Merkel, disse que o lockdown emergencial de um mês, que inclui o fechamento de restaurantes, academias de ginástica e teatros, é necessário para reverter um pico de casos de coronavírus que pode sobrecarregar os hospitais.

– Os números estão subindo, mas não tão fortemente – disse o ministro da Saúde, Jens Spahn, à emissora alemã RTL. “Isto é animador, mas não basta.”

Novas infecções diárias

Embora o número de novas infecções diárias confirmadas tenha permanecido abaixo dos 20 mil durante quatro dias seguidos, as mortes estão aumentando e os hospitais estão relatando uma ocupação maior das unidades de tratamento intensivo, disse Spahn.

– Certamente estamos vendo sinais de mudança, mas ainda não podemos falar em uma reversão da tendência – disse ele, acrescentando que o número de mortes e pacientes necessitados de tratamento intensivo só cairá se os números de infecções recuarem consideravelmente.