Aluna é atingida por bala perdida dentro de escola no Rio

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 26 de abril de 2018 as 12:56, por: CdB

A Polícia Militar afirmou que, de acordo com o Batalhão de Rocha Miranda (9º Batalhão de Polícia Militar), não houve operação nas proximidades da escola ontem e a polícia não foi acionada para a ocorrência

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro:

Uma menina de 11 anos de idade foi atingida dentro de uma escola em Cavalcante, na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, a menina passou por uma cirurgia de madrugada no Hospital Lourenço Jorge. Ela continua internada, mas passa bem.

Uma menina de 11 anos de idade foi atingida dentro de uma escola em Cavalcante, na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro

A criança foi atingida por um tiro no braço direito quando brincava no pátio da Escola Municipal Espírito Santo. Funcionários da escola perceberam o ferimento; mas não imaginaram que se tratava de uma bala.

A Polícia Militar afirmou que, de acordo com o Batalhão de Rocha Miranda (9º Batalhão de Polícia Militar); não houve operação nas proximidades da escola ontem e a polícia não foi acionada para a ocorrência.

Há pouco mais de um ano, a adolescente Maria Eduarda, de 13 anos; morreu após ser baleada dentro de uma escola localizada em Fazenda Botafogo; também na zona norte do Rio.

Policiais militares que faziam uma operação na região foram indiciados pelo crime. No ano passado, a organização Justiça Global acionou a Organização das Nações Unidas (ONU); para denunciar a morte de crianças e adolescentes no Rio de Janeiro em decorrência da violência.

Policial é baleado

Um policial civil foi baleado após reagir a uma tentativa de assalto no túnel Santa Bárbara; que liga os bairros do Catumbi e Laranjeiras, na última segunda-feira.

Segundo a PM, agentes do batalhão de São Cristovão (4°BPM); faziam patrulhamento próximo ao local quando foram informados do acontecido. Ainda segundo a corporação; ao chegarem no túnel, os policiais encontraram o agente ferido e o encaminharam para o Hospital Souza Aguiar. 

Em uma rede social, o COR (Centro de Operações do Rio) informou que, devido a ação, o túnel ficou fechado por alguns minutos. 

Assalto a vereador

O assalto ao vereador Daniel Martins (PDT) na madrugada de sábado; na Zona Sul, acabou em perseguição, tiroteio e morte. Quatro dos cinco assaltantes foram presos e um morreu. O casso ocorreu, na Rua Soares Cabral, em Laranjeiras, onde o vereador mora. O crime aumenta a sensação de insegurança dos cariocas.

No momento do assalto, o vereador estava na companhia dos dois filhos e, mesmo conduzindo um carro blindado, o político não esboçou reação e o entregou aos criminosos. Acionada, a Polícia Militar conseguiu interceptar os assaltantes, uma vez que o telefone do vereador havia ficado no veículo, o que possibilitou o rastreamento.


Na altura da Rua Arnaldo Quintela, em Botafogo, também na Zona Sul, os criminosos foram interceptados pela PM. Houve intensa troca de tiros e no confronto um dos assaltantes foi morto e os outros quatro, três dos quais armados, foram presos.

Em nota, a PM informou que, na noite passada, criminosos praticaram uma série de roubos; na região de Laranjeiras e Botafogo. “Alertados pela Agência de Inteligência do 2º BPM (Botafogo) que, de posse de informações de rastreamento do celular de uma das vítimas (o vereador) que tivera seu veículo, um Toyota Corolla, roubado; conseguiram realizar um cerco aos criminosos na Rua Arnaldo Quintela, em Botafogo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *