Amapá restringe circulação e adota rodízio de veículos

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 19 de maio de 2020 as 12:57, por: CdB

Para evitar um colapso no sistema de saúde, o Amapá iniciou nesta terça-feira um regime de isolamento, o chamado lockdown. A medida, tomada pelo governador Waldez Góes, vale por 10 dias.

Por Redação, com ABr – de Brasília

Para evitar um colapso no sistema de saúde, o Amapá iniciou nesta terça-feira um regime de isolamento, o chamado lockdown. A medida, tomada pelo governador Waldez Góes, vale por 10 dias e teve como base orientações do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública,que  gerencia a crise de covid-19 no Estado.

Medida entrou em vigor nesta terça-feira e vale por 10 dias
Medida entrou em vigor nesta terça-feira e vale por 10 dias

Todas as ações foram repassadas com antecedência aos representantes do Judiciário e Legislativo locais. O Estado atingiu a marca de 3.630 casos confirmados de covid-19 na última sexta-feira.

O parecer menciona que o Amapá é o Estado brasileiro com o maior taxa de contaminação pelo novo coronavírus, com 355,3 a cada 100 mil habitantes. Há ainda 6.235 casos notificados que aguardam resultado dos exames laboratoriais.

No mesmo documento, os técnicos reafirmam a importância do isolamento e que é possível afirmar que as medidas adotadas até aqui foram fundamentais para evitar que o quadro não seja pior.

“Considerando a relação inversamente proporcional da curva de crescimento acentuado dos casos, com a expressiva queda no percentual de isolamento social no Amapá nas últimas semanas, oscilando abaixo de 50%, que, para ser efetivo na contenção da propagação acelerada do vírus Sars-CoV-2, o nível de isolamento social precisará atingir patamares acima de 70%”, ressalta o parecer.

Alcance

As novas medidas mais restritivas não afetam serviços considerados essenciais como supermercados, atacadões, farmácias e similares. Esses estabelecimentos continuarão abertos, seguindo recomendações de horários e atendimentos diferenciados. Quem descumprir as regras está sujeito ao pagamento de multa.

De acordo com o governador, a medida busca achatar a curva de contágio, que, no atual cenário, atinge mais de 200%. A meta é diminuir os índices de casos confirmados que, segundo o último boletim, supera 3,6 mil infectados.

– Mesmo com os esforços de todos nós, em especial da população que atende a recomendação de ficar em casa, o crescimento acelerado de casos da covid-19 nos obriga a adotar medidas mais rígidas de isolamento social – ponderou o governador do Estado.

Novas medidas

Barreiras sanitárias, para verificação das placas dos veículos, medir a temperatura de motoristas e ocupantes, distribuição de máscaras, desinfecção das ruas, testes rápidos nos vizinhos dos infectados e fiscalização em estabelecimentos comerciais para cobrar a aplicação das medidas sanitárias.

Rodízio de veículos, as placas com números ímpares poderão circular nos dias ímpares e, as placas de numeração par, nos dias pares. Em caso de descumprimento haverá multa, de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito. As exceções são para servidores da linha de frente, como Saúde e Segurança Pública.

Proibição de circulação, a medida vale para praças, parques, orlas, entre outros locais que podem concentrar aglomerações de pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *