Amazon faz parceria em comunidade e planeja entregas até aos domingos

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 5 de agosto de 2022 as 13:14, por: CdB

A união entre as empresas surge justamente para atender essa parcela da população. Com a parceria, os moradores de Paraisópolis, favela de São Paulo, poderão receber suas compras feitas na Amazon no mesmo prazo que usuários que moram no asfalto receberiam.

Por Redação, com Tecnoblog – de Brasília

A Amazon anunciou na terça-feira uma parceria com a transportadora Favela LLog para realizar entregas em regiões periféricas, inclusive aos domingos e feriados. A primeira favela a receber o serviço será Paraisópolis, uma das maiores favelas do Brasil com 100 mil habitantes.

Moradores de Paraisópolis devem receber compras feitas na Amazon aos domingos

A pesquisa “Economia das Favelas – Renda e Consumo nas Favelas Brasileiras”, feita pelo instituto Data Favela, revela que moradores de comunidades brasileiras movimentam, em média, cerca de R$ 124,1 bilhões por ano. Aperar do papel ativo na economia, nem sempre essas pessoas possuem acesso a um serviço de entrega em suas casas.

A união entre as empresas surge justamente para atender essa parcela da população. Com a parceria, os moradores de Paraisópolis, favela de São Paulo, poderão receber suas compras feitas na Amazon no mesmo prazo que usuários que moram no asfalto receberiam. Ainda, de acordo com o comunicado, quem for cliente prime poderá ter a entrega gratuita.

Para conseguir atender a demanda e gerar ainda mais impacto social com a iniciativa, a transportadora terá o apoio da ONG local Central Única das Favelas (CUFA). A instituição tem um projeto chamada Recomeço que visa inserir os egressos do sistema carcerário brasileiro no mercado de trabalho novamente.

– Estamos falando de um impacto positivo nessas regiões, colaborando com a criação de postos de trabalho e com a movimentação da economia como um todo. São mais oportunidades e, consequentemente, mais inclusão – afirma Rafael Caldas, líder da Amazon Logística no Brasil.

Iniciativa não é inédita

Assim como a Amazon, outras empresas já perceberam que precisam atender o público que mora em regiões periféricas e comunidades.

Em janeiro de 2021, a Vila Cruzeiro, favela do Rio de Janeiro, recebeu um serviço próprio de retirada de encomendas graças a uma parceria entre a Clique e Retire e a ONG Atitude Social. Com ele, basta o morador se cadastrar para receber um código pessoal, fazer a compra e informar o endereço da instituição e seu número exclusivo. Quando o produto chegar, é só ir buscar na ONG e usar o QR Code recebido via SMS para abrir o compartimento do armário no local.

A B2W, grupo responsável pelas empresas Americanas, Shoptime e Submarino, também criou uma iniciativa para entregas em Paraisópolis, em 2021. Com o apoio da transportadora Favela Brasil Xpress e do G10 Favelas, os moradores passaram a receber as compras feitas nas empresas da holding na porta de casa, o que antes não acontecia.

De acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto Locomotiva, 8% da população brasileira mora em favelas, tornando ações como essas cada vez mais essenciais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code