terça-feira, 17 de outubro de 2017 • ANO XVII • N° 6.476

3 Comments

  1. 3

    erton

    Grande Chanceler, deveria continuar e superar Rio Branco. Deveriamos superar o mito Rio Branco, que representa a superioridade dos EUA. Celso Amorim quebrou esse paradigma.

  2. 2

    Adriano Jorge Souto

    Realmente é um pena que o Chanceler Amorim não continue. Ele deu o rumo certo à politica externa brasileira e definiu de forma magistral o papel do Itamaraty: é a primeira linha de defesa da soberania nacional.
    Há pessoas no governo que não sabem disso.

  3. 1

    Maria Amélia Martins Branco

    Grande Chanceler, é uma pena que Celso Amorim não continue no governo Dilma, o país levantou sua auto-estima e não mais tira os sapatos para o tio sam (minúsculos mesmo)

Os comentários estão encerrados.

Copyright 2017 - Todos os direitos reservados

%d blogueiros gostam disto: