Apesar da pressão negativa, Guedes retoma férias canceladas

Arquivado em: Comércio, Indústria, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 28 de dezembro de 2020 as 13:16, por: CdB

Em 19 de dezembro, edição extra do Diário Oficial trouxe a interrupção das férias do ministro que deveria começar naquele fim de semana, com o ministério afirmando que não havia motivo específico para a decisão. Ainda é forte a tendência de o economista deixar o cargo.

Por Redação – de Brasília

Ministro da Economia, o empresário Paulo Guedes retomou suas férias nesta segunda-feira depois de tê-las interrompido há cerca de uma semana. Segundo publicação no Diário Oficial, o período de descanso vai até 8 de janeiro, conforme previsto anteriormente.

Guedes conversou com Rodrigo Maia, na tentativa de colocar panos quentes na crise com Bolsonaro
A política econômica do governo, chefiada por Paulo Guedes, tem gerado um número cada vez maior de desempregados

Em 19 de dezembro, edição extra do Diário Oficial trouxe a interrupção das férias do ministro que deveria começar naquele fim de semana, com o ministério afirmando que não havia motivo específico para a decisão.

No período, Guedes participou da entrevista de divulgação dos dados de criação de vagas de trabalho de novembro, quando o Brasil abriu 414.556 empregos formais, recorde para todos os meses da série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) iniciada em 1992.