Apoiadores de Maduro vão à sede do governo em repúdio à tentativa de golpe

Arquivado em: América Latina, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 30 de abril de 2019 as 11:21, por: CdB

Na manhã desta terça-feira, o líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, publicou no Twitter um vídeo, convocando soldados da Venezuela, bem como cidadãos, para sair às ruas de Caracas a fim de assegurar a “cessão definitiva da usurpação” de Maduro.

Por Redação, com Sputnik – de Caracas

Seguidores do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, reuniram-se nesta terça-feira em frente ao Palácio de Miraflores, em Caracas, para expressar apoio ao líder venezuelano e rejeitar a recente tentativa de golpe de Estado.

Seguidores do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, reuniram-se nesta terça-feira em frente ao Palácio de Miraflores

– Queremos dizer que nosso líder indiscutível se chama Nicolás Maduro Moros – disse um simpatizante em voz alta, seguido por aplausos das pessoas presentes, segundo à agência russa de notícias Sputnik.

Na manhã desta terça-feira, o líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, publicou no Twitter um vídeo, convocando soldados da Venezuela, bem como cidadãos, para sair às ruas de Caracas a fim de assegurar a “cessão definitiva da usurpação” de Maduro.

Pouco antes, o presidente da Assembleia Nacional Constituinte, Diosdado Cabello, havia convocado o povo venezuelano a se reunir diante da sede da presidência venezuelana para defender a democracia.

– Estamos mobilizados e, como está nos planos, convidamos todo o povo de Caracas para o Palácio de Miraflores (…) se eles querem, que venham a Miraflores para que nos encontrem no palácio defendendo a Revolução, defendendo o nosso povo – disse Cabello à televisão estatal do país.

As imagens foram gravadas na base militar Francisco de Miranda, no leste de Caracas.

– Povo unido jamais será vencido. O povo de Caracas está gritando em apoio ao legítimo líder Nicolás Maduro em meio às notícias do golpe. Vídeo de Magda Gibelli; com a hashtag Tirem as Mãos da Venezuela

O ministro venezuelano do Poder Popular para a Comunicação e Informação, Jorge Rodríguez, disse que o governo do presidente Maduro está desarmando a tentativa de golpe de Estado de militares traidores.

Chavistas estão se reunindo em frente ao Palácio de Miraflores em Caracas para apoiar o presidente legítimo Nicolás Maduro gritando “Temos um líder: Nicolás Maduro!” com a hashtag Tirem as Mãos da Venezuela; por Magda Gibelli

Enquanto que o ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, garantiu que nos quartéis militares de todo o país a normalidade é mantida e a Força Armada Nacional Bolivariana é firme na defesa do governo de Maduro.