Após negociações, chinesa Huawei ‘está no páreo’ de leilão da 5G

Arquivado em: Comércio, Indústria, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021 as 16:48, por: CdB

De acordo com Leonardo Paz, pesquisador do Núcleo de Inteligência Internacional da Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro, a Huawei, além de “talvez” possuir a “melhor tecnologia”, é também a empresa “mais competitiva”, “a mais barata”.

Por Redação, com Sputnik Brasil – de Brasília

Detentora de tecnologia de ponta e melhor preço do mercado, a indústria chinesa Huawei “já está no páreo” para vencer leilão da tecnologia 5G no país, disse especialista em relações internacionais à agência russa de notícias Sputnik Brasil.

Poucos assuntos têm sido tão debatidos nos meios da política e economia brasileiras quanto a concorrência para a rede 5G
Poucos assuntos têm sido tão debatidos nos meios da política e economia brasileiras quanto a concorrência para a rede 5G

De acordo com Leonardo Paz, pesquisador do Núcleo de Inteligência Internacional da Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro, a Huawei, além de “talvez” possuir a “melhor tecnologia”, é também a empresa “mais competitiva”, “a mais barata” e a que “tem condições de começar a instalar amanhã” o sistema 5G.

Participação

Em função da pandemia do novo coronavírus, o leilão da quinta geração de telefonia móvel (5G) no Brasil foi adiado para 2021. Uma das grandes discussões em torno do tema é se o governo permitirá que uma empresa chinesa vença a licitação para operar a tecnologia no país.

Se antes havia resistência a essa ideia, o caminho parece ter ficado mais livre recentemente. Primeiro, portaria publicada pelo governo com regras sobre o 5G no país não fez restrições à participação da Huawei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code