Árbitro francês é suspenso por chutar jogador

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 15 de janeiro de 2018 as 15:11, por: CdB

A Liga Francesa também informou nesta segunda-feira que cancelou o segundo cartão amarelo de Carlos, o que significa que ele está disponível para o jogo

Por Redação, com Reuters – de Paris:

O árbitro Tony Chapron foi suspenso provisoriamente nesta segunda-feira por ter chutado o jogador Diego Carlos, do Nantes, durante partida do Campeonato Francês no domingo contra o Paris Saint-Germain.

Árbitro Tony Chapron expulsa zagueiro Diego Carlos, do Nantes, durante partida contra o Paris St. Germain, pelo Campeonatio Francês

Já nos acréscimos do segundo tempo, Carlos e Chapron trombaram em campo e o árbitro caiu no gramado. Em seguida, imagens de televisão mostraram o juiz esticando a perna para acertar o zagueiro brasileiro.

– A direção técnica de arbitragem e a comissão federal de arbitragem decidiram pela retirada de Tony Chapron; que estava relacionado para o jogo de quarta-feira da Ligue 1 entre Angers e Troyes; até notificação futura – informou a Federação Francesa de Futebol em comunicado.

Chapron também será convocado a prestar esclarecimentos ante o comitê disciplinar na liga.

Chapron

Depois do incidente, Chapron mostrou cartão amarelo para Diego Carlos, que acabou sendo expulso uma vez que já havia recebido um amarelo no primeiro tempo de jogo.

Chapron pediu desculpas ao jogador nesta segunda-feira.

– Esse gesto desastrado foi inadequado. Por isso, quero pedir desculpas a Diego Carlos – disse o árbitro, segundo a mídia francesa.

A Liga Francesa também informou nesta segunda-feira que cancelou o segundo cartão amarelo de Carlos, o que significa que ele está disponível para o jogo de quarta-feira do Nantes contra o Toulouse.

Giggs assume seleção do País de Gales

O ex-jogador do Manchester United Ryan Giggs prometeu convencer dentro de campo os torcedores que duvidam de sua capacidade como treinador; após ser anunciado nesta segunda-feira como novo técnico do País de Gales pelos próximos quatro anos.

O ex-meia de 44 anos assume o cargo no lugar de Chris Coleman; que levou Gales às semifinais da Euro 2016 mas deixou o cargo em novembro para assumir o Sunderland, time da segunda divisão inglesa.

Essa será a primeira experiência como técnico do ex-jogador, que fez 64 partidas pela seleção galesa entre 1991 e 2007. Mas que era criticado por alguns torcedores por não disputar diversos jogos, em especial amistosos.

– Sei que vai haver críticas, e a forma de combatê-las é ganhar jogos e dar o meu máximo, o que farei – disse Giggs em entrevista coletiva em um hotel nos arredores de Cardiff.

Giggs encerrou sua carreira de jogador em 2014 e atuou como assistente de Louis van Gaal no próprio Manchester United até 2016; quando José Mourinho foi contratado como treinador.

Ele também teve uma breve passagem como técnico interino do United após a demissão de David Moyes em 2014.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *